Campanha para conter o avanço da violência infantil

Foto: Reprodução

A campanha orienta pais e cuidadores para que consigam proteger as crianças e conter o avanço da violência infantil

Quem vê cara, não vê violência. Os maus-tratos contra crianças e adolescentes podem acontecer em qualquer família, em qualquer dia, em qualquer lugar. Segundo o Disque 100, foram registradas mais de 76 mil denúncias de maus-tratos infantis no Brasil, em 2018.

Deste total, mais de 17 mil foram de violência sexual. Para mudar essa realidade, o ChildFund Brasil lançou o movimento nacional #ocuidadotransforma. A ação tem como objetivo promover um debate sobre os maus-tratos contra crianças e adolescentes no país.

“Prevenir é a forma mais eficiente de acabar com os maus-tratos. É dever da sociedade, governos, organizações e empresas zelar pela proteção de nossas crianças, provendo segurança e cuidados de acordo com cada fase de seu crescimento. Assim como recursos e informações básicas para que seu desenvolvimento seja saudável”, afirma Águeda Barreto, assessora de Advocacy do ChildFund Brasil.

VIOLÊNCIA

Segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), negligência (72,7%), seguida por violência psicológica (48,8%), física (40,6%) e sexual (22,4%) foram os tipos de violação contra crianças e adolescentes mais frequentemente denunciados.

CARTILHA DE BONS TRATOS

Para orientar mães, pais, e cuidadores a manter as crianças seguras e saudáveis, foi criada a Cartilha dos Bons Tratos. O material, disponível para download no hotsite do movimento (https://www.childfundbrasil.org.br/), dá dicas importantes de como utilizar a comunicação não violenta para estabelecer um diálogo aberto com os pequenos, além de definir o que são maus-tratos e como identificá-los.

Influenciadores como Bela Gil, Flávia Lippi, Laíze Damasceno e Lucas Gomes já abraçaram a causa, compartilhando mensagens sobre como prevenir a violência infantil por meio do amor e do cuidado com as crianças em suas redes sociais. Um vídeo-manifesto apresentado por Carlos Moreno também faz parte da iniciativa.

Prevenir é a forma mais eficiente de acabar com os maus-tratos. Foto: ChildFund
CHILDFUND

Presente há 53 anos no país, o ChildFund mantém programas e projetos sociais de apoio a crianças e adolescentes. Em 2019, a instituição foi eleita, pela segunda vez consecutiva, a Melhor ONG do país para se Doar, na categoria crianças e adolescentes. Uma forma simples de aderir ao movimento é apadrinhar uma criança ou fazer uma doação.

Leia Também: