PF intensifica combate à exploração sexual de crianças na Internet

O Unicef calcula que cerca de 1 milhão de crianças e adolescentes sejam vítimas de violência sexual a cada ano (Foto - Fotos Públicas)

Houve prisão em flagrante por posse de arquivos

Exploração sexual de crianças é uma realidade assustadora, alvo contante da Polícia Federal. Na manhã desta quinta-feira (21), a Polícia Federal (PF) no Espírito Santo, deflagrou a Operação Auxilium. O trabalho foi realizado pelo Grupo de Combate a Crimes Cibernéticos, da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários.

A operação para combater difusão de arquivos contendo exploração sexual de crianças através da internet contou com a participação de nove policiais federais. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, um em Vitória e outro em Vila Velha.

Uma das buscas resultou na prisão em flagrante de um investigado por posse de arquivos contendo exploração sexual e pornografia de crianças e adolescentes. Já na outra busca, não houve flagrante, mas foram apreendidas mídias que serão periciadas para confirmação da divulgação ou posse do material ilícito.

Um dos casos se originou do compartilhamento de informações pela Interpol, no Canadá,  para a Polícia Federal. Havia indicação de compartilhamento de pornografia infantil por brasileiros pelo aplicativo KIK. A partir desses dados, os federais conseguiram identificar o usuário – morador da Grande Vitória – que foi preso nesta manhã. Ele transmitiu diversas fotos e vídeos contendo pornografia infanto juvenil para usuário estrangeiro.

Rastreando a exploração sexual de crianças

O outro caso foi detectado diretamente pela Polícia Federal, por meio de rastreamento periódico, quando foi detectado o compartilhamento de 291 arquivos contendo exploração sexual e pornografia de crianças e adolescentes, apenas durante o período investigado, por outro usuário domiciliado no Espírito Santo.

Na sequência das investigações, as diversas mídias dos investigados que foram apreendidas serão agora submetidas a perícia com o fim de identificar os arquivos desta natureza armazenados e compartilhados, bem como se existe algum indicativo de abuso sexual e se existe outros suspeitos praticando o delito.

PF intensifica combate à exploração sexual de crianças e de adolescentes na Internet
Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Vitória e Vila Velha (Foto – Divulgação/PF)
Exploração Sexual de Crianças

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) calcula que, a cada ano, cerca de 1 milhão de crianças e adolescentes sejam vítimas de violência sexual. Essa violência inclui, além da exploração sexual comercial, também o abuso sexual.

No primeiro semestre de 2018, foram 1.182 denúncias de abuso sexual infantil por
meio do Disque 100, segundo informações do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Leia também
Conteúdo Publicitário