Bandes apoia cadeia produtiva têxtil e de confecção capixaba

ES Brasil_Bandes_têxtil
Com o Bandes, o empresário pode investir tanto na aquisição de máquinas e equipamentos ou no desenvolvimento de softwares que facilitem as fases de produção - Foto: Internet

Incentivo possibilita que empreendimentos estratégicos tenham um suporte mais ágil para o desenvolvimento regionalmente equilibrado no ES

De acordo com dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Brasil é um dos poucos países do mundo que possui cadeia produtiva têxtil e de confecção integradas. Desde a matéria prima até o produto final, consolidando-nos como o 5° maior produtor mundial de têxteis o e 4° maior em vestuário. No Espírito Santo, toda essa cadeia produtiva possui apoio do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

O apoio do banco, com linhas de crédito estruturadas ao setor de confecção têxtil e calçadas capixabas, faz parte do modelo de atendimento do Bandes, segmentado por setores de negócio, potencializando empreendimentos importantes para o Espírito Santo. Este modelo possibilita que empreendimentos estratégicos para o desenvolvimento regionalmente equilibrado tenham um suporte mais ágil e alinhado com a política de desenvolvimento do Governo.

O modelo de atendimento está articulado com diagnósticos levantados pelo Projeto Indústria 2035, desenvolvido pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies), entidade do Sistema Findes que realiza estudos e desenvolve posicionamentos estratégicos com foco no fortalecimento da indústria capixaba.

Uma das tendências que devem ser incorporadas pelo setor produtivo têxtil e de calçados é a adoção de inovação e de novas tecnologias emergentes, como inteligência artificial, impressão 3D e automação robótica, possibilitando a mudança nos processos de produção de vestuário. Com o Bandes, o empresário pode investir tanto na aquisição de máquinas e equipamentos mais modernos para o parque industrial, quanto no desenvolvimento de softwares que facilitem as fases de produção.

A estrutura da cadeia produtiva têxtil e de confecção é formada por diversos segmentos industriais autônomos. No entanto, a interação entre eles é fundamental para a sua organização. Além disso, independente do modelo de negócios e do porte adotados, a cadeia produtiva tem interface com outros importantes segmentos, como a indústria química, dada a necessidade de insumos para diversos tipos de tratamento, desde as fibras até os bens acabados, e a indústria de bens de capital, tendo em vista as máquinas e equipamentos que perpassam toda a cadeia.

Outra característica do setor têxtil e de calçados é a heterogeneidade em relação ao porte das empresas que a compõem, incluindo desde grandes empresas integradas (da fiação ao acabamento), até pequenas empresas confeccionistas. Para todos estes diferentes portes de modelos de negócios, o Bandes possui atendimento e soluções financeiras adequadas para o desenvolvimento, modernização e ampliação destes empreendimentos.

Informações sobre linhas de financiamento:

Bandes Atende: 0800 283 4202
Av. Princesa Isabel, 54, Centro, Vitória
App disponível para Android e iOS
www.facebook.com/bandesonline
www.bandes.com.br

Leia Também