Balanças móveis na BR 259 serão verificadas

Foto: Reprodução

Dnit vai investigar irregularidades, de acordo com a audiência pública realizada nessa quarta-feira (10) 

Representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) garantiram que investigarão as irregularidades em duas balanças móveis instaladas na BR 259, na altura dos municípios de João Neiva e Colatina, no Espírito Santo.

As denúncias foram feitas pelo deputado federal Da Vitória (Cidadania-ES), durante audiência pública realizada nessa quarta-feira (10) na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados.

Segundo Da Vitória, aproximadamente 100 notificações aplicadas a motoristas já foram encaminhadas a ele relatando divergência na pesagem na origem e destino dos caminhões em comparação ao peso registrado nestas balanças, ocasionando diversas multas.

Além disso, o parlamentar destacou que as balanças estão colocadas em terrenos irregulares, segundo verificado por técnicos da área, e divergentes ao que prevê o contrato.

“É um assalto o que está acontecendo. Estão enfiando a mão no bolso do povo brasileiro. Não podemos aceitar que as empresas que não cumprem os contratos possam continuar fazendo isso. Peço ao Dnit, assim como já fiz ao órgão no Espírito Santo e ao Ministério da Infraestrutura, que apurem estas denúncias”, disse o deputado.

Já o analista em Infraestrutura de Transportes e Coordenador de Programação e Serviços do Dnit, Bráulio Fernando Lucena Borba Júnior, afirmou na audiência pública que o caso será apurado e respondido ao deputado.

Participaram da audiência a representante da Comissão a secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias do Ministério da Infraestrutura, Natália Marcassa de Souza, e o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Mário Rodrigues Júnior.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!