A endoinovação

Todo mundo quer ser inovador, todo mundo quer inovar. Não inovar está fora da moda, as empresas de sucesso estão em busca constante da inovação. Certo. Porém, todo mundo busca a inovação olhando para o concorrente, para a Apple, para o Facebook, para o Google. Uma visão do que está acontecendo no mundo. Mas a inovação deve ser mais falada, buscada, trabalhada olhando de fora pra dentro. Nossa forma de procurar a inovação deve ser olhando para dentro de nossas empresas.

Por isso criei e uso o termo ENDOINOVAÇÃO. É a cultura de buscar a inovação na superação própria, na melhoria do que você já tem e principalmente a criação de valor para o cliente e nos serviços que você já oferece. É mais rápido e econômico, é mais eficaz e eficiente. Mas antes que a gente se empolgue, é a forma mais difícil de trabalhar a inovação.

Porque requer humildade, empatia, desconstrução de paradigmas e auto-crítica. É preciso ouvir, dedicar tempo. E nós, gestores, estamos acostumados a investir dinheiro, nunca tempo. Sair da zona de conforto, estudar, dedicar noites e finais de semana. E a gente é preguiçoso por natureza. Nosso cérebro quer poupar energia. Mas em um mundo em que a mudança é a única certeza, permanecer inerte é fatal.

Não se faz ENDOINOVAÇÃO sem motivar pessoas, sem dar autonomia, sem inspirar pessoas. Um amigo uma vez me contou que toda vez que levava uma nova ideia para a empresa que ele trabalhava, uma grande empresa brasileira, ele era obrigado a desenvolver a ideia, sem acréscimo de investimento financeiro, sem acréscimo de equipe, sem apoio nenhum da direção. As ideias dele eram adoradas, geravam receitas fantásticas, mas qual estímulo ele tinha para inovar, se ele só teria mais desgaste pessoal e acúmulo de trabalho?

Eu sempre digo que não existem empresas, governos ou instituições inovadoras. Existem pessoas inovadoras. A inovação é de e para as pessoas. Olhe para dentro e alcance a verdadeira inovação.

Leonardo Carraretto é Diretor Executivo da wis Educação, especialista em marketing e novos modelos de comunicação digital, palestrante e couch na aréa de tecnologia.

Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome