Carteira de vacinação precisa estar em dia nas férias

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

As principais vacinas são sarampo, hepatite A e B e febre amarela. Porém todas são importantes

Com a chegada do período de férias é normal lembrar de comprar as passagens, reservar hotel, escolher os passeios, deixar tudo em dia para relaxar e aproveitar a viagem. Mas um item também é essencial: a carteira de vacinação.

Pensando nisso, o Ministério da Saúde (MS) fez um alerta aos viajantes para que mantenham a caderneta de vacinação atualizada. Pelo menos 10 dias antes da viagem, o turista deve atualizar a caderneta de acordo com as orientações do Calendário Nacional de Vacinação.

Segundo a pasta, apesar de todas as vacinas serem importantes, os viajantes devem dar atenção especial principalmente contra sarampo, hepatites A e B, e a febre amarela. A pasta dispobilibiliza uma seção em seu site com informações, dicas e orientações sobre a saúde.

A febre amarela é uma das doenças de maior risco de transmissão no verão, com registro em áreas com grande contingente populacional desde 2017. Mais de 4 mil municípios são considerados áreas com recomendação de imunização. A vacina contra a febre amarela é ofertada gratuitamente no Calendário Nacional de Vacinação, e apenas uma dose é suficiente para a proteção por toda a vida.

Outra vacina importante para quem for viajar é a contra o sarampo. Isso porque o Brasil enfrenta atualmente dois surtos da doença: no Amazonas, com 9.724 casos confirmados e, em Roraima, com 349. Também há registros de casos em São Paulo, no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, em Rondônia, Bahia, Pernambuco, no Pará, Distrito Federal e em Sergipe.

*Da Redação/ Com informações do Ministério da Saúde


Leia mais

ONU adota método mais rápido para decisões urgentes em saúde

Conteúdo Publicitário