25 C
Vitória
domingo, 5 abril, 2020

Uma luz no fim do túnel?

Leia Também

Metade de calorias consumidas por brasileiros vem de alimentos frescos

Segundo o levantamento, dentre os alimentos in natura e minimamente processados, o arroz correspondeu a 15,6% das calorias totais, seguido do leite, com 5%.

Pandemia: 5 dicas para quem quer entrar no mercado

Em meio aos diversos grupos impactados pela pandemia do coronavírus no país, plataformas online, redes sociais e grupos são opções para o período.

Produtores de alimentos orgânicos entregam encomendas em casa

Os consumidores podem encomendar os alimentos com os produtores ou com os empreendimentos agrícolas. A entrega deve ser combinada com o fornecedor.

Covid-19 no Brasil: 432 mortes e mais de 10 mil casos confirmados

Balanço do Ministério da Saúde divulgado neste sábado (4) aponta para 73 novos óbitos no país em razão da covid-19 O balanço dos casos de...

Surgem sinais de estabilização. Mesmo com a grande recessão em 2015, sua continuidade em 2016 e um constante aumento nos níveis de desemprego, começam a aparecer no País alguns sinais de estabilização, por meio de índices levantados por várias instituições.

Dentre esses, o Índice Nacional de Confiança do Empresário Industrial, que estava em torno de 36 pontos desde janeiro, subiu para 41 pontos no mês de abril (abaixo de 50 pontos indica desconfiança e acima confiança), diminuindo a desconfiança da indústria no crescimento da economia brasileira.

Também os Índices Nacionais de Expectativa do Consumidor, apesar da alta inflação, desemprego e queda na renda das famílias, mostram melhora na comparação mensal. Embora a maior parte dos consumidores ainda espera aumento da inflação e do desemprego, a quantidade de pessimistas é menor.

Entretanto, qualquer cenário econômico positivo dependerá da capacidade do governo do presidente interino Michel Temer conseguir aprovação de uma agenda mínima no Congresso Nacional nos próximos dois meses. Caso contrário, a falta de confiança voltará a crescer, mantendo baixos os investimentos, alto desemprego e reforço inflacionário.
Alguns passos na direção de se ter um cenário favorável já foram dados, como a montagem de uma equipe econômica com credibilidade junto aos agentes econômicos e à população. Porém, somente esse fato não será suficiente para eliminar as causas que levaram o país estar na situação em que se encontra, com forte processo recessivo.

As medidas que precisam ser tomadas vão, necessariamente, na direção do estabelecimento de novas regras de reajustes na Previdência e no funcionalismo público, implantação de idade mínima para a aposentadoria, redesenho das vinculações orçamentárias da União e nos limites mínimos para algumas despesas (como na educação e na saúde) que, no conjunto, chegam a mais de 90% das receitas totais.

Praticamente, todas as ações que visam medidas visando diminuir e, mesmo eliminar, o déficit público atual dependem do Congresso Nacional para aprovação de novas leis, inclusive de mudança na Constituição Federal, sem o que será muito difícil retomar o crescimento econômico. É preciso destacar que essas medidas envolverão custos políticos para deputados e senadores que precisarão explicar para seus eleitores porque apoiaram propostas medidas que afetarão os montantes de recursos direcionados à educação e à saúde, por exemplo.

Por esses motivos, o esforço de convencimento da importância em se aprovar medidas de ajustes junto ao Congresso e para a população irá requerer do Executivo uma enorme habilidade de articulação, sem a qual as possibilidades de êxito se estreitarão consideravelmente. Caso isso não aconteça, a luz no final do túnel, que permitiria o retorno do crescimento econômico, será apenas de uma lamparina que, ao terminar o óleo combustível, se apagará e todos nós voltaremos ao escuro.

Doria Porto é engenheiro metalurgista com mestrado em engenharia da produção e em administração.

Publicidade

ES Brasil Digital

ES Brasil 174
Continua após publicidade

Fique por dentro

Como proteger o fluxo de caixa em tempos de pandemia?

O que vem pela frente, agora, são os debates sobre a possibilidade de os empresários usarem o argumento de força maior.

5 vantagens que a atividade física traz ao mercado de trabalho

Exercícios físicos podem ajudar as pessoas a terem uma vida mais prazerosa e crescerem profissionalmente Com a correria do dia a dia, muitas pessoas entram...

Venda de imóvel? Saiba o que é lucro imobiliário e o impacto no IR

O ucro imobiliário se configura quando o proprietário vende um imóvel por um valor mais alto do que comprou. Veja os impactos causados no IR.

Coronavírus pode reduzir exportações em US$ 18,6 bi, informa CNI

A projeção inicial foi baseada na estimativa de que o PIB global encolherá 1,1% em 2020. A quantidade exportada deve cair 56 milhões de toneladas.

Vida Capixaba

Filme sobre o novo coronavírus já está pronto. Veja o trailer!

“Corona” é o nome do longa que será lançado em breve.O filme conta a história de sete pessoas presas em um elevador e uma delas está infectada.

Confira a previsão do tempo para o fim de semana!

O tempo ficará instável neste fim de semana, segundo o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

Semana Santa marcada pela tradicional torta capixaba

A tradicional Torta Capixaba, um dos pratos mais tradicionais da época, será vendida nos estabelecimentos, apesar da crise causada pelo novo coronavírus.

Tempo: o que esperar para abril?

O mês de abril será marcado por temporais, chuvas volumosas e potencial para alagamentos. O mês começa com alerta e situação de perigo para chuvas fortes.
Continua após publicidade