18.5 C
Vitória
quarta-feira, 3 junho, 2020

Suzano aumenta vendas de celulose no terceiro trimestre

Leia Também

Prazo de pagamento da taxa do Enem é prorrogado

Segundo o Inep, mais de 5,7 milhões de pessoas já tiveram suas inscrições confirmadas. E a expectativa é que 300 mil inscritos paguem a taxa de inscrição do exame.

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Estado tem mais de 15 mil infectados pela Covid-19

Chegou a 15.151 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Espírito Santo, segundo o “Painel Covid”.

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Desempenho no período permitiu  gerou R$ 1,5 bilhão de caixa operacional

A indústria de produtora de papel e celulose Suzano encerrou o terceiro trimestre o ano, de julho a setembro, com a receita líquida de R$ 6,6 bilhões. Já o lucro antes de considerado os juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) foi de R$ 2,4 bilhões, gerando um caixa operacional de R$ 1,5 bilhões.

“A estratégia comercial adotada, atrelada à qualidade de nossos ativos e à eficiência de nossas operações, nos permitiu atingir significativa geração de caixa operacional mesmo diante do ambiente de mercado atual e de um período sazonalmente mais fraco em função do verão no Hemisfério Norte”, afirma o Presidente da Suzano, Walter Schalka.

No trimestre, o ritmo de vendas de celulose manteve trajetória de alta com a comercialização de 2,549 milhões de toneladas. O volume é 15% maior do que o total vendido entre abril e junho e também superior à produção registrada no terceiro trimestre, que ficou em 2,095 milhões de toneladas. Com isso, o nível dos estoques da Suzano foi reduzido em aproximadamente 450 mil toneladas, uma variação significativa que marca o início do processo de regularização de estoques da companhia.

A empresa também registrou vendas consolidadas nas linhas de papel de 313 mil toneladas, elevação de 4% em relação ao trimestre anterior e preços praticamente estáveis nessa base comparativa.

Outro destaque do período foi a queda de 6% no custo caixa de celulose, sem considerar o efeito de paradas nas fábricas, quando comparado ao segundo trimestre. O indicador, que mede a competitividade produtiva da empresa, fechou em R$ 654 por tonelada, beneficiado pela captura de sinergias, entre outros aspectos.

O balanço também foi influenciado pelo impacto da variação cambial sobre os números da companhia. Como a Suzano é uma empresa de natureza preponderantemente exportadora e tem 100%  da dívida contratada em dólar ou convertida para o dólar, a desvalorização do real contribui, por um lado, com maior geração de caixa, e, por outro, com efeito imediato exclusivamente contábil, não caixa, de aumento principalmente no saldo da dívida contratada em moeda estrangeira.

Em consequência sobretudo desse efeito, não significativo em períodos de maior estabilidade da moeda, o resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 6,5 bilhões. O resultado líquido contábil, por sua vez, ficou negativo em R$ 3,5 bilhões no terceiro trimestre.

Durante o terceiro trimestre, a dívida líquida da Suzano reduziu quando medida em dólar, chegando a US$ 13,3 bilhões. Porém, em decorrência de um EBITDA ajustado no período de 12 meses até setembro inferior ao de igual período de 2018, a alavancagem financeira da companhia medida em dólar ficou em 4,3 vezes ao final de setembro.

Leia também
Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Cooabriel inaugura unidade em Montanha

O objetivo da nova unidade é atender às grandes solicitações de sócios e produtores, além de expandir a cultura do café conilon na região.

Governo publica MP que pode destravar crédito às pequenas e médias empresas

Os bancos já emprestaram mais de R$ 900 bilhões em recursos novos, renovações e suspensão de parcelas de empréstimos.

Parque de iluminação de Vila Velha será modernizado e ampliado

O edital para contratação da empresa que realizará o serviço foi lançado na sexta-feira (29), nos Diários Oficiais do Município, Estado e da União, além de jornais de circulação nacional.

Vida Capixaba

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Novas regras adotadas para o comércio a partir desta segunda-feira (1º)

As novas regras para galerias, centros comerciais, academia, shoppings e restaurantes de Vila Velha foram publicadas no Diário Oficial do município desse domingo (31).

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda (1º)

De acordo com a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, a decisão foi tomada durante uma reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública do Estado, realizada hoje. 
Continua após publicidade