Serra cria Academia Estudantil de Letras

Serra incentiva Educação com criação de Academia Estudantil de Letras
Os estudantes participantes percorrerão as escolas com ações de incentivo a leitura (Foto - Everton Nunes/PMS)

O padrinho do projeto é o membro da Academia Espírito-Santense de Letras, Francisco Aurélio

Os estudantes do 1º ao 9º anos do Ensino Fundamental e da Educação Jovens e Adultos (EJA) da Serra vão ganhar um ambiente de leitura e debate totalmente novo e se tornarão agentes de promoção da literatura no município.

A Secretaria Municipal de Educação (Sedu) vai lançar no início do ano letivo de 2020 a primeira Academia Estudantil de Letras da Serra (Aceles). E para apadrinhar e orientar esse projeto, a Sedu convidou o professor doutor, escritor e membro da Academia Espírito-santense de Letras Francisco Aurélio.

Ao todo, 30 alunos serão selecionados para integrar a academia enquanto estiverem estudando no ensino público municipal. A forma de seleção dos participantes ainda está em definição pela Sedu. Mas, o secretário da pasta, Gelson Junquilho, adiantou que entre os requisitos está o gosto pela leitura e pela escrita. “Também vamos levar em conta as recomendações dos professores. E já sabemos de fortes candidatos a essas vagas, como alunos que publicaram livros na Serra”.

A Sedu informou que os estudantes membros da Academia terão o compromisso de realizar visitas a escolas e creches da cidade, a fim de promover rodas de conversa sobre autores da literatura nacional e incentivar a leitura entre os estudantes.

“Estamos animados, pois muitos projetos estão sendo tirados do papel. Vamos envolver, cada vez mais, os estudantes da Serra na prática da escrita e leitura. No ano que vem, por exemplo, também vamos lançar a I Feira Literária da Serra, promovida pela Sedu. Acontecerá em setembro”, anunciou Junquilho.

Além dessas novidades, a secretaria municipal de Educação destaca que investe constantemente na formação de professores, para capacitá-los a criar ambientes e dinâmicas que atraiam as crianças para a leitura e a escrita. Debates, exposição, feiras literárias, cantinhos da leitura e muitas outras ações são trabalhadas, de forma rotineira, pelos professores da rede de ensino.

Leia também
Conteúdo Publicitário