21 C
Vitória
segunda-feira, 15 DE julho DE 2024

Mercado Capixaba, em Vitória, passará por restauro

O projeto de reforma do Mercado será entregue em julho pela empresa. Após entrega, o edital será publicado para escolha da empresa responsável pela obra

O prédio em que está localizado o Mercado Capixaba passará por reforma. Os projetos complementares foram apresentados pela empresa ML Projetos Eireli e aceitos pela Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV) e a Secretaria Municipal de Cultura (Semc).

A empresa deverá entregar os projetos executivos finalizados até o dia 27 de julho, possibilitando a abertura da licitação para a obra, que ainda não tem data para ser iniciada.

- Continua após a publicidade -

O diretor-presidente da CDTIV, Renzo Nagem, disse que apesar do cenário de pandemia enfrentado no Estado, o projeto e os trabalhos serão mantidos. “Trata-se de um equipamento fundamental para a retomada da economia e reinvenção do Centro de Vitória como um local importante para a cidade nas áreas de inovação, tecnologia, serviços, bem como cultural, gastronômica e turística. Após a reforma do espaço, a expectativa é que ele funcione como indutor do comércio no entorno”, explicou ele.

Além disso, assim que for concluído o restauro, o espaço será concedido à iniciativa privada, por meio de licitação de concessão de uso, mesmo modelo adotado nos quiosques de Camburi e da Curva da Jurema.

artesanato
O Mercado Capixaba comercializava artesanato de qualidade. – Foto: Reprodução / Conheça Meu Estado

Projeto

Faz parte dos projetos o restauro de fachada, telhado e implantação da calçada cidadã do Mercado da Capixaba, que já foram concluídos e entregues à Prefeitura de Vitória. Agora, os projetos elétrico, hidráulico e de ambientação do espaço interno devem ser entregues até 27 de julho pela empresa responsável.

Também será adotada a abertura da “Rua de Pedestres” na rua Araribóia, que deverá ampliar a área livre do mercado para atividades gastronômicas e culturais. E entre as novidades da intervenção, aprovadas pelos conselhos municipal e estadual de Cultura, está a abertura das entradas originais do imóvel das ruas Desembargador Orelly de Souza e Araribóia.

Mercado Capixaba antigo
O edifício do Mercado Capixaba foi erguido no governo de Florentino Avidos, em 1926. – Foto: Capixaba da Gema

Cultura

O Mercado da Capixaba foi construído em 1926, e já foi considerado o principal centro comercial de Vitória por várias décadas. O imóvel foi construído durante o governo de Florentino Avidos e estava localizado na Avenida Capixaba, atual Avenida Jerônimo Monteiro.

Por ser um marco na história, o secretário municipal de Cultura, Francisco Grijó, destacou as potencialidades culturais, artísticas e econômicas do novo modelo do espaço. “O Mercado da Capixaba, a partir do restauro, manterá seu propósito e irá além. Continuará a ser uma referência cultural para o centro da cidade, em particular, e para todo o Estado, em geral. Irá além porque será palco de atividades culturais e artísticas constantes, sob tutela e gerência da Semc, que, por meio de editais públicos, proporcionará aos artistas mais um local onde possam expressar sua produção”, pontuou.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA