21 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Relembre outras acusações de plágio de Juliette

A recente polêmica envolvendo acusação de plágio do álbum Amarelo, de Emicida, não é a primeira relacionada ao nome da ex-BBB

A cantora e influenciadora digital Juliette está novamente no centro de uma polêmica envolvendo acusações de plágio. Desta vez, a música Magia Amarela, em parceria com Duda Beat, é apontada por ter semelhanças com Amarelo, do rapper Emicida.

Este, porém, não é o primeiro episódio no qual a ex-BBB é acusada de copiar outros artistas. Relembre os casos:

- Continua após a publicidade -

Juliette e a polêmica capa do EP

Em setembro de 2021, a capa do EP de Juliette foi lançada e imediatamente atraiu atenção devido a suas semelhanças com capas de outros artistas consagrados. Internautas apontaram referências estéticas compartilhadas com capas de Pink Floyd, Demi Lovato e Pabllo Vittar.

Respondendo à controvérsia, a equipe da artista disse: “Obrigada a todos os artistas que serviram de referência para a capa do meu EP. A arte foi feita com muito carinho e inspirada em várias referências que admiro. Por respeito aos fãs e aos artistas mencionados, optamos por modificar a arte original para evitar mais polêmicas.”

Acusações de plágio de títulos pelo Boogarins

A banda Boogarins, notando similaridades nos títulos das músicas de Juliette, levantou questionamentos sobre possíveis plágios com as faixas Bença, Diferença Mara e Sei Lá.

Na época, o Boogarins fez postagens com cutucadas, sem mencionar diretamente a cantora. Um fã da banda declarou em redes sociais: “Estamos chateados com as evidentes similaridades entre os títulos das músicas de Juliette e as nossas. Esperamos uma posição oficial da equipe dela a respeito.”

A assessoria de Juliette, por sua vez, não comentou diretamente a controvérsia, mas disse: “Todo o EP foi feito com muito carinho, respeito e admiração pela música brasileira.”

Manu Gavassi e as referências de clipe

Manu Gavassi fez uma acusação sobre o clipe da música Quase não namoro, interpretada por Juliette em parceria com Marina Sena, lançada em agosto de 2023. Manu alegou que o clipe copiou “referências diretas” do seu projeto Gracinha de 2021. Durante sua entrevista no programa de estreia da segunda temporada do podcast “Acessíveis Cast”, apresentado por Titi Müller e MariMoon, Manu expressou sua decepção ao assistir ao clipe.

Ela declarou que ficou “extremamente triste” com a equipe envolvida na produção do clipe de Juliette, pois, segundo ela, eram pessoas conhecidas que pegaram “referências diretas” de seu projeto. No entanto, Manu deixou claro que não responsabilizava Juliette diretamente pelo ocorrido, e ressaltou ter conversado com ela antes da polêmica ganhar notoriedade.

A disputa entre Alok, Sevenn e Juliette

A música Un Ratito, uma parceria de Alok com Juliette e Luis Fonsi, tornou-se o centro de um grande debate quando o duo americano Sevenn alegou que ser coautor de 15 músicas de Alok. Após desentendimento, o single foi removido do YouTube devido a alegações de violação de direitos autorais.

A acusação inicialmente veio à tona em uma reportagem da revista estadunidense Billboard. Na época, Alok rebateu as acusações. Nos stories, o DJ afirmou ter conhecimento da matéria da revista e estar sendo ameaçado há algum tempo. “Eu não vou ceder a nenhum tipo de ameaça, até porque eu não tenho nada a esconder”, disse. Alok ainda complementou que o duo Sevenn sempre foi parceiro durante as produções. Porém, o DJ brasileiro alegou que a dupla, formada por americanos que cresceram no Rio de Janeiro, está sendo mal direcionada e que ele nunca havia recebido nenhuma notificação por parte do duo em relação à denúncia.

O artista continuou a sequência dizendo que produz músicas desde os 12 anos e nunca teve problemas com ninguém. “Esse é um assunto sério, porque muitos artistas têm as obras utilizadas e não são creditados por isso, como já aconteceu comigo, mas o assunto não pode ser banalizado dessa forma”, completou.

O caso ‘Magia Amarela’ x ‘Amarelo’

A faixa Magia Amarela, lançada por Juliette e Duda Beat na noite de terça-feira, 17, foi rapidamente comparada à música Amarelo de Emicida, especialmente por conta de suas letras e temática. Evandro Fióti, parceiro criativo e irmão do rapper, endossou as acusações, e contou que a música das artistas foi lançada para uma campanha publicitária.

A assessoria de Juliette falou sobre o caso na manhã desta quarta-feira. Segundo a equipe da artista, os responsáveis pela campanha estão sendo procurados. “Informamos que a música faz parte de uma campanha publicitária e que Juliette foi contratada como uma das intérpretes para este trabalho audiovisual”, informou a nota. “A equipe da cantora está em contato com os contratantes responsáveis para criação e produção da campanha para mais esclarecimentos”. Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

FIQUE POR DENTRO

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -