21 C
Vitória
sexta-feira, 12 agosto, 2022

Pequenos negócios são responsáveis por 50% dos empregos no ES

No total, entre janeiro e fevereiro de 2022, foram criados no Espírito Santo 10.686 novos postos de trabalho. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pequenas e micros empresas criaram 5.405 empregos no Espírito Santo no acumulado de janeiro e fevereiro de 2022

Por Amanda Amaral 

As micro e pequenas empresas (MPEs) capixabas geraram metade dos postos de trabalho com carteira assinada no Espírito Santo nos dois primeiros meses de 2022, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Se somados os dados referentes a janeiro e fevereiro deste ano, são 5.405 (50,5%) novas vagas com carteira assinada, segundo levantamento feito pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae-ES). Somente em fevereiro, foram 3.305 novos empregos, o que representa 46,7% do total do Espírito Santo (7.062). 

Para se ter uma ideia, as Médias e Grandes Empresas (MGEs) criaram em fevereiro deste ano 2.763 novos empregos, já no acumulado dos dois primeiros meses, foram 4.282 novos postos de trabalho no total.

Queda na Comparação com 2021

Contudo, vale ressaltar que o número de novos postos de trabalho criado somente por micro e pequenas empresas, em janeiro e fevereiro de 2021, foi de 9.289, são 3.884 vagas a mais do que no mesmo período de 2022.

O Sebrae-ES, localizado em Vitória, na Enseada do Suá, apoia os pequenos negócios capixabas. Foto: Divulgação/Sebrae-ES

Nesta comparação, as médias e grandes empresas apresentaram melhor desempenho. Em janeiro e fevereiro de 2022, elas haviam criado 4.282 novas vagas. No mesmo período em 2021, foram apenas 2.206.

Total de Empregos no ES

No total, foram criadas no Espírito Santo, em fevereiro de 2022, 7.062 novas vagas de trabalho, contando com as MPEs, MGEs e a Administração Pública. No acumulado de fevereiro e janeiro do mesmo ano, foram 10.686 postos.

Desempenho Brasileiro

Entre janeiro e fevereiro deste ano, segundo o Sebraes, as MPEs criaram 304.525 novas vagas, o que equivale a 63,5% de todo o volume de empregos gerados. Assim como ocorreu no Espírito Santo, o Caged também apontou que, no acumulado dos dois primeiros meses de 2021, os micro e pequenos negócios detinham 82,1% do volume de novas vagas. O resultado caiu em 2022, quando elas registraram um índice de 68,7%.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade