22.1 C
Vitória
quarta-feira, 22 maio, 2024

Pé-de-Meia: 31 mil alunos do ES podem consultar o benefício

Estudantes contemplados receberão o valor de R$ 200 entre 26 de março e 3 de abril, conforme o mês de nascimento

Por Kebim Tamanini

Mais de 31 mil estudantes da rede pública de ensino do Espírito Santo já podem verificar se foram contemplados pelo Programa Pé-de-Meia do Ministério da Educação (MEC) a partir desta quarta-feira (20). Com um investimento aproximado de R$ 90 milhões dos cofres públicos, o programa vai atender 2,5 milhões de alunos e visa reduzir o índice de evasão escolar no país. A consulta deve ser feita por meio do aplicativo gratuito Jornada do Estudante.

- Continua após a publicidade -

Segundo o cronograma, o MEC efetuará o pagamento do Incentivo-Matrícula, no valor de R$ 200, entre 26 de março e 3 de abril, de acordo com o mês de nascimento dos alunos. O valor será depositado em contas digitais abertas automaticamente pela Caixa Econômica Federal, em nome dos próprios estudantes.

Os beneficiados são alunos com idades entre 14 e 24 anos que fazem parte de uma família beneficiária do Programa Bolsa Família.

O Ministério da Educação ressaltou que, para aqueles que não estiverem contemplados inicialmente pelo Pé-de-Meia, a lista não é definitiva, pois as informações estão sendo atualizadas pelas redes de ensino municipais, estaduais e do Distrito Federal. Portanto, é necessário acompanhar as atualizações no aplicativo, já que o ministério continuará consolidando as informações enviadas pelas secretarias de Educação.

Estudantes contemplados receberão o valor de R$ 200 entre 26 de março e 3 de abril, conforme o mês de nascimento
O ministro da Educação, Camilo Santana, veio ao ES lançar o projeto Pé-de-Meia ao lado do governador, Renato Casagrande. Foto: Hélio Filho/Secom

Governo alerta que não é suficiente

O Programa Pé-de-Meia é um incentivo financeiro-educacional, pago na modalidade de poupança, aos estudantes matriculados no ensino médio público. O governo federal pretende, por meio dessa poupança, promover a permanência do estudante na escola e a conclusão desta etapa do ensino.

Durante sua passagem pelo Espírito Santo, quando lançou o programa, o ministro Camilo Santana destacou que, embora o projeto não resolva todos os problemas relacionados à evasão escolar, contribuirá para mitigar seus impactos, somando-se a outros anúncios já realizados. 

“O Programa Pé-de-Meia se soma a outros programas, como o de escolas de tempo integral, lançado no ano passado. Temos o programa de conectividade, o de melhoria da infraestrutura escolar, a educação técnica profissionalizante. E o Pé-de-Meia vem acrescentar isso (incentivo) por uma necessidade pessoal dos jovens. Às vezes, a evasão ocorre não por uma opção, não por escolha, mas por uma necessidade”, ressaltou o ministro.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA