27.7 C
Vitória
quinta-feira, 18 abril, 2024

Palestra revela origens da fotografia no ES com acervo do século XIX

Evento gratuito oferece análise sobre maior coleção fotográfica oitocentista do ES e acontece na próxima terça (9), às 18h, na Ufes

Por Mariah Friedrich

A história da fotografia no Espírito Santo e as práticas de produção e consumo dos registros fotográficos no Estado poderão ser conhecidas a fundo a partir de uma palestra inédita sobre o maior acervo de fotografias do século XIX no ES. Na próxima terça (9), o fotógrafo e conservador de fotografia Paulo de Barros vai discutir esses processos na palestra “Carte de Visite: Origens da Fotografia no Espírito Santo”, às 18h na Biblioteca da UFES.

- Continua após a publicidade -

O evento tem entrada gratuita e é resultado do projeto “A Fotografia do Século XIX no Espírito Santo: Digitalização do Acervo de Carte de Visite do Museu Solar Monjardim”, que consistiu na digitalização de mais de duzentas fotografias no formato cartão de visita, produzidas entre 1860 e 1890 por alguns dos primeiros fotógrafos que se estabeleceram no Estado e, também, fotógrafos de atuações em outras capitais e estrangeiros.

Conhecido por seu trabalho com curadoria de exposições fotográficas, Paulo de Barros destacou que essas fotografias são uma janela única para o passado, permitindo aos espectadores uma visão detalhada do universo da fotografia no Espírito Santo.

“O Espírito Santo tem pouco material fotográfico do século XIX, então essa coleção é o maior volume de fotografias deste período no Estado, reunindo mais de 200 carte de visite, um formato que surgiu na França e popularizou o retrato a nível mundial, trazendo uma mudança radical na forma de se relacionar com o retrato.”, explica Paulo.

O fotógrafo e conservador de fotografias informou que o carte de visite era um tipo de fotografia retangular pequena colada sobre um cartão, o que permitia que as pessoas trocassem retratos de maneira acessível.

Isso democratizou o retrato, possibilitando que pessoas de classes sociais com menor poder aquisitivo tivessem acesso, transformando a maneira como as pessoas se relacionavam com as imagens de si mesmas.

“Esse fenômeno também ganhou proporção no estado, onde os primeiros fotógrafos produziram carte de visite. O acervo do museu também traz retratos de fotógrafos do Rio e estrangeiros, oferecendo um caleidoscópio do mundo da fotografia”, comentou Paulo de Barros.

Segundo ele, ainda neste ano, esse acervo de mais de 200 fotografias do século XIX estará disponível para exploração em uma exposição inédita no Museu Solar Monjardim, localizado no bairro de Jucutuquara, em Vitória.

Serviço:

Palestra Carte de Visite – Origens da fotografia no Espírito Santo: Ministrante Paulo de Barros
Terça-feira (9), das 18h às 20:30h
Sala Multimídia Nazian Azevedo de Moraes – Biblioteca Central UFES: Avenida Fernando Ferrari, 514, Campus Universitário de Goiabeiras, Vitória
Entrada gratuita

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

FIQUE POR DENTRO

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -