22.1 C
Vitória
sexta-feira, 19 DE julho DE 2024

Obras da Curva da Jurema são inauguradas sem câmeras de videomonitoramento

Região foi revitalizada com R$ 5 milhões, ganhando nova ciclovia, calçadas niveladas e 240 vagas

Por Kebim Tamanini

A Curva da Jurema, em Vitória, teve sua reurbanização finalmente inaugurada no último domingo (16), transformando-se em um novo polo gastronômico da cidade. No entanto, a inauguração, que já havia sido atrasada por seis meses, ocorreu sem a instalação dos equipamentos de videomonitoramento inicialmente previstos no projeto.

- Continua após a publicidade -

Em 2022, durante a apresentação do projeto de requalificação da Curva da Jurema, o prefeito Lorenzo Pazolini solicitou a inclusão de câmeras de segurança. A justificativa, segundo os gestores municipais, era a de “inibir qualquer prática ilegal” na área, aumentando a segurança para os frequentadores.

Apesar das promessas, nossa equipe da ES BRASIL constatou a ausência dessas câmeras durante a cerimônia de inauguração. Em reserva, um dos comerciantes da região afirmou que a instalação dos equipamentos de fiscalização é vista como crucial para garantir a segurança dos visitantes e dos próprios comerciantes, especialmente devido à presença de diversas pessoas em situação de vulnerabilidade que transitam pela área.

Em resposta a uma indagação feito pela nossa reportagem, a Prefeitura de Vitória informou, por meio de nota, que “serão instaladas quatro câmeras de videomonitoramento na região após a inauguração das obras de requalificação da Curva da Jurema”. A data específica para essa instalação, contudo, não foi mencionada.

Embora as câmeras ainda não estejam operacionais, a segurança no local foi reforçada com a instalação da 3ª Companhia do 1º Batalhão da Polícia Militar nos quiosques 1 e 2 da Curva da Jurema. Essa companhia realiza patrulhamento ostensivo de forma rotineira, o que já tem contribuído para a segurança na área.

Detalhes da reurbanização

As obras de reurbanização da Curva da Jurema começaram em julho de 2022 e representaram um investimento de aproximadamente R$ 5 milhões. Com um período de execução de 22 meses, o projeto visava modernizar a área e tornar o espaço mais acessível e atrativo para moradores e turistas.

As principais melhorias foram a criação de um novo canteiro e uma ciclovia, além da reestruturação do espaço para acomodar 240 vagas de estacionamento, que já estão em uso desde o final do ano passado.

Um dos objetivos centrais da reurbanização foi o nivelamento das calçadas e dos decks ao redor dos quiosques, alinhando-os com a pista de rolamento. Essa uniformização facilita o fechamento temporário da área para eventos, promovendo um ambiente mais coeso e seguro para os visitantes. 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA