18.3 C
Vitória
quinta-feira, 18 DE julho DE 2024

Início das obras do Mergulhão de Camburi deve ser adiado novamente

Uma vez finalizada, a expectativa é que a intervenção reduza o tempo de travessia na área

Por Kebim Tamanini

O início das obras do Mergulhão de Camburi, inicialmente programado para o final de 2023 e posteriormente adiado para junho deste ano pela Prefeitura de Vitória, pode enfrentar novos atrasos. O projeto visa aprimorar o tráfego entre a Avenida Dante Michelini e a Rua Gelu Vervloet dos Santos, conhecida como Rodovia Norte Sul, em Jardim Camburi.

- Continua após a publicidade -

Quando o edital foi lançado, a estimativa de custo para os cofres públicos era de R$ 92,2 milhões, entretanto, esse valor foi reduzido para R$ 77 milhões. Apesar disso, o início das obras permanece incerto.

A equipe de jornalismo da ES BRASIL perguntou sobre o cronograma e a Prefeitura de Vitória informou que a licitação foi concluída em 13 de maio de 2024, com a homologação do contrato. Agora, a administração aguarda a apresentação da documentação pela empresa vencedora para a assinatura do contrato e emissão da ordem de serviço. Esta etapa era prevista para novembro de 2023.

Segundo a nota divulgada pela Prefeitura, a contratação da empresa inclui a elaboração dos projetos e a execução da obra, com prazo de até seis meses para a entrega dos projetos e mais 30 meses para a conclusão das obras, o que pode fazer com que as obras iniciem somente no final do ano caso seja usado todo o tempo estimado pela gestão municipal.

Uma vez finalizada, a expectativa é que o Mergulhão de Camburi reduza o tempo de travessia na área para apenas 10 segundos. Hoje, o trajeto dura de 55 a 88 segundos. O objetivo principal é melhorar a fluidez em Jardim Camburi, o bairro mais populoso do Espírito Santo.

Durante a execução da obra, a circulação viária, a mobilidade de pedestres e ciclistas, assim como os serviços públicos, serão mantidos segundo a Prefeitura. A opção por passagens subterrâneas, apesar dos desafios do lençol freático, visa reduzir o impacto na paisagem e solucionar problemas de ocupação irregular, em contraposição à construção de viadutos.

Uma vez finalizada, a expectativa é que a intervenção reduza o tempo de travessia na área de 55 a 88 segundos para apenas 10 segundos
Imagem do projeto do Mergulhão em Jardim Camburi. Foto: PMV

Saiba mais…

O projeto contempla ações ambientais em conformidade com a legislação, incluindo um plano de paisagismo, que será supervisionado pela Secretaria de Meio Ambiente (Semmam). Além disso, a empresa vencedora será responsável pelo plantio de mais de 130 árvores.

A construção incluirá uma via à direita para motoristas na Avenida Norte-Sul, cruzando a Dante Michelini em direção ao Centro de Vitória, e uma via pelo mergulhão em direção a Vitória, com retorno a Jardim Camburi.

Após a conclusão das obras, o fluxo para a Serra na Dante Michelini será direcionado para a direita, em direção a Jardim Camburi. Outra opção será passar pelo mergulhão e seguir para a Avenida Norte e Sul. Os veículos de Jardim Camburi para Praia de Camburi utilizarão um elevado em direção à Dante Michelini.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA