22.4 C
Vitória
quarta-feira, 3 junho, 2020

Indústria capixaba de MDF apresenta nova coleção na Casa Cor 2019

Leia Também

Prazo de pagamento da taxa do Enem é prorrogado

Segundo o Inep, mais de 5,7 milhões de pessoas já tiveram suas inscrições confirmadas. E a expectativa é que 300 mil inscritos paguem a taxa de inscrição do exame.

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Estado tem mais de 15 mil infectados pela Covid-19

Chegou a 15.151 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Espírito Santo, segundo o “Painel Covid”.

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

A indústria capixaba de MDF genuinamente capixaba escolheu a Casa Cor para apresentar seu projeto arquitetônico exclusivo

Uma empresa genuinamente capixaba. A Placas Brasil, indústria especializada em painéis de MDF, estreia sua coleção “Identidades” durante a Casa Cor 2019, que está sendo realizada entre os dias 18 de setembro a 19 de novembro, no Clube Ítalo Brasileiro, na Ilha do Boi.

No evento, a empresa mostra em um ambiente projetado em 120m² que inspira um coworking de frente para o mar, e preserva uma árvore nativa do jardim do clube que descreve a narrativa do nome do espaço: Estúdio da Árvore Placas do Brasil.

A coleção, que é desenvolvida pela indústria, está no ambiente assinado pelo arquiteto Max Mello e conta com peças desenvolvidas pelos designers Marta Manente e João Jantorno, aparece em cada padrão, paletas energizantes, texturas agradáveis que renovam o visual em produtos cheios de personalidade.

O presidente da Placas Brasil, Luiz Cordeiro, falou sobre as peças da coleção “Identidades”. – Foto: Aline Pagotto / Next Editorial

“Aproveitamos a Casa Cor para lançar a coleção que é a última etapa do processo de início da fábrica, que está instalada no município de Pinheiros, no interior do Espírito Santo. Atendemos toda a região do Rio de Janeiro e Minas Gerais e Nordeste do Brasil”, disse o presidente da Placas Brasil, Luiz Cordeiro.

Estúdio da Árvore Placas do Brasil

Para compor o espaço, as peças feitas em acabamento do MDF amadeirado Macanaíba foi escolhida por ser uma madeira elegante, ressignificada e essencialmente capixaba. O padrão está aplicado na parte inferior da ilha gourmet e no aparador da TV.

O padrão amadeirado rústico foi incluída em um espaço chamado Vila Velha, instalado em frente ao mar na Casa Cor, está destacado no pórtico da parede lateral, no cachepot da mesma parede e nas calhas de iluminação do teto.

Uma das peças da coleção “Identidades” da Placas Brasil. – Foto: Aline Pagotto / Next Editorial

Em toda marcenaria do mobiliário o arquiteto Max Mello selecionou padrões de MDF unicolores como o Café Torrado que foi utilizado nas mesas e nos móveis da cafeteria, assim como em detalhe na estação de trabalho. Já o Padrão Pitanga que está em destaque nas prateleiras, móveis do café e na base da mesa de reuniões.

De acordo com a designer Marta Manente, a coleção possui muitos diferenciais. “Buscamos inspirações na tropicalidade do Brasil em sua versão mais rebuscada e significativa, reconhecendo a natureza como origem de tudo e exaltando de forma contemporânea a brasilidade”, afirmou ela.

Os designers João Jantorno e Marta Manente são os responsáveis por algumas peças da coleção da Placas Brasil. – Foto: Aline Pagotto / Next Editorial

Por lá, o visitante poderá conferir também uma peça a obra de arte em MDF criado pela artista capixaba Ana Paula Castro. A peça, norteada com uma paleta de cores diferenciada, está exposta ao lado de um balanço, uma das tendências que surgiram em feiras de decoração de Milão, Estocolmo, e outras cidades do mundo.

A obra de arte da artista plástica Ana Paula Castro foi esculpida em MDF. – Foto: Aline Pagotto / Next Editorial

“Além de apresentar a criatividade dela, pois a Ana Paula é uma das maiores representantes da arte do Espírito Santo, ela mostrou com essa arte como o padrão de cores conversam bem com o ambiente. Todas as cores são harmônicas entre si e isso viabiliza os nossos arquitetos a fazer belas obras e equipar a casa dos capixabas e brasileiros de forma mais bonita e estilizada”, explicou Luiz Cordeiro.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Cooabriel inaugura unidade em Montanha

O objetivo da nova unidade é atender às grandes solicitações de sócios e produtores, além de expandir a cultura do café conilon na região.

Governo publica MP que pode destravar crédito às pequenas e médias empresas

Os bancos já emprestaram mais de R$ 900 bilhões em recursos novos, renovações e suspensão de parcelas de empréstimos.

Parque de iluminação de Vila Velha será modernizado e ampliado

O edital para contratação da empresa que realizará o serviço foi lançado na sexta-feira (29), nos Diários Oficiais do Município, Estado e da União, além de jornais de circulação nacional.

Vida Capixaba

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Novas regras adotadas para o comércio a partir desta segunda-feira (1º)

As novas regras para galerias, centros comerciais, academia, shoppings e restaurantes de Vila Velha foram publicadas no Diário Oficial do município desse domingo (31).

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda (1º)

De acordo com a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, a decisão foi tomada durante uma reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública do Estado, realizada hoje. 
Continua após publicidade