23.7 C
Vitória
quarta-feira, 3 junho, 2020

Fernando Haddad é denunciado pelo MP pela segunda vez

Leia Também

Empresas deverão investir em tecnologia no pós-pandemia

A tendência, contudo, veio para ficar, e agora que já se provou mais do que necessária, a tecnologia é o grande foco de investimento das empresas, para o momento atual e o futuro.

Vila Velha instala câmeras de alta definição em ruas

Os equipamentos serão instalados em pontos estratégicos da cidade. A primeira instalação teste com uma das novas câmeras ocorreu na última sexta-feira (29), no Farol de Santa Luzia. 

Vendas no varejo registram queda em abril

Essa foi considerada a maior retração desde o início da série histórica iniciada em 2001. A maior queda havia sido em janeiro de 2002, quando as vendas do varejo reduziram 16,5%.

Vacina contra covid-19 desenvolvida em Oxford será testada no Brasil

Considerado um dos mais promissores, o imunizante já está na fase três de testes, em que dez mil pessoas serão testadas para se avaliar a eficácia do produto.

Essa é a segunda denúncia de Haddad em menos de oito dias

O atual candidato a vice-presidência pelo PT, Fernando Haddad, sofreu mais uma denúncia do Ministério Público do Estado de São Paulo nessa terça-feira (04). Desta vez, o ex-prefeito do município foi acusado de corrupção passiva, associação criminosa, e lavagem de dinheiro.

Segundo a denúncia, Haddad teria solicitado e recebido indevidamente da UTC Empreiteira o valor de R$ 2,6 milhões em 2013.

Esta é a segunda vez que o MP realiza uma denúncia em menos de oito dias. Anteriormente, a instituição propôs uma ação civil de improbidade administrativa contra ele.

Assinada pelo promotor Marcelo Batlouni Mendroni, o MP alegou que “[Fernando Haddad] solicitou e recebeu indiretamente, vantagem indevida de R$ 2.600.000,00. Depois, agiu por interpostas pessoas de forma a dissimular a natureza, a origem, a localização e a movimentação dos valores provenientes, direta e indiretamente, daquela infração penal”.

Delação premiada

Segundo informações, João Vaccari Neto, na época tesoureiro do PT, teria “em nome de Haddad” pedido dinheiro a Ricardo Ribeiro Pessoa, controlador da UTC Participações, para o pagamento de dívidas com gráficas responsáveis pela impressão de material de campanha do ex-prefeito em 2012.

Em 2013, Pessoa foi preso durante a Operação Lava Jato e concordou em fazer uma  colaboração premiada, firmando acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Por meio de nota, a assessoria de Fernando Haddad se manifestou dizendo que o MP se baseia em um caso sem provas.

“Surpreende que, no período eleitoral, uma narrativa do empresário Ricardo Pessoa, da UTC, sem qualquer prova, fundamente três ações propostas pelo Ministério Público de São Paulo, contra o ex-prefeito e candidato a vice-presidente da República, Fernando Haddad”, disse a nota.

*Com informações da Agência Brasil


Leia mais:

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Comissão Europeia avança para disponibilizar € 11,5 bi para recuperação da crise

Comissário da UE encarregado do Orçamento, Johannes Hahn enfatizou a necessidade de que o dinheiro chegue logo às empresas e às pessoas, ainda neste ano.

Produção industrial cai 18,8%

A produção industrial caiu 18,8% em abril ante março, na série com ajuste sazonal, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Cooabriel inaugura unidade em Montanha

O objetivo da nova unidade é atender às grandes solicitações de sócios e produtores, além de expandir a cultura do café conilon na região.

Vida Capixaba

Vitória organiza Circuito Cultural com exposição on-line

Os alunos do Núcleo de Fotografia do Circuito Cultural, equipamento da Secretaria Municipal de Cultura de Vitória (Semc) fizeram trabalhos que estão sendo disponibilizados por meio de uma exposição on-line. 

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Novas regras adotadas para o comércio a partir desta segunda-feira (1º)

As novas regras para galerias, centros comerciais, academia, shoppings e restaurantes de Vila Velha foram publicadas no Diário Oficial do município desse domingo (31).

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...
Continua após publicidade