21 C
Vitória
quinta-feira, 18 DE julho DE 2024

Governo firma acordo com associação de combate ao câncer

Convêncio com a AFECC prevê a construção de centro médico especializado no combate ao câncer

Por Redação

Em solenidade no Palácio Anchieta, sede administrativa do executivo capixaba, o governador Renato Casagrande (PSB) assinou, na última terça-feira (4), o Termo de Fomento com a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (AFECC) para a transferência de recursos financeiros destinados à construção do serviço de Medicina Nuclear do Hospital Santa Rita de Cássia, em Vitória.

- Continua após a publicidade -

O evento contou com a presença de representantes e lideranças da área da pesquisa na saúde, além do secretário de saúde, Miguel Duarte. No acordo firmado fica previsto o repasse de mais de R$ 5 milhões à entidade, sendo aproximadamente 95 % dos recursos provenientes do estado, enquanto o restante será obtido de Organização da Sociedade Civil. O contrato terá validade até o fim de março de 2024.

A expectativa do executivo é de que o Centro de Medicina Nuclear do hospital seja o mais moderno equipamento PET-CT do Estado e atenda pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Este novo Centro será fundamental para o diagnóstico precoce do câncer, o que ajudará a salvar mais vidas. Todo nosso investimento na área da saúde tem o intuito de salvar vidas. Ter esse equipamento à disposição dos usuários do SUS é fundamental para que possamos atender àquelas pessoas que mais necessitam. Vamos seguir fortalecendo o SUS e dar cada vez mais dignidade aos capixabas”, comentou Casagrande.

Governo firma acordo com associação de combate ao câncer
Renato Casagrande assinou na terça-feira (4) o Termo de Fomento com a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (AFECC). Foto:

O local reunirá as especialidades de Radiologia (com a tomografia computadorizada) e Medicina Nuclear, possibilitando a identificação e a localização de tumores malignos em fase inicial com muito mais precisão. O PET-CT tem indicação, em sua grande maioria, para pacientes oncológicos, seja no diagnóstico ou para o controle do tratamento.

“O novo centro nuclear do Hospital Santa Rita será um avanço para os usuários do SUS em que mais pessoas passarão a ter acesso ao exame e isso fará a diferença no tratamento de cada paciente”, completou o secretário de Saúde, Miguel Duarte.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA