23.8 C
Vitória
sexta-feira, 3 dezembro, 2021

Evento discute a transição energética no Estado

Mobilidade elétrica, produção de hidrogênio verde, mercado de gás, entre outros, são alguns dos assuntos a serem debatidos.

Colocar a transição energética em pauta é o que promete a Feira e Fórum de Energia (Fenergia 2021), que teve início nesta quarta-feira (24), no Centro de Convenções de Vitória. O tema é “O Espírito Santo na Transição Energética”. O governador do Estado, Renato Casagrande, participou da abertura oficial do evento, que continua nesta quinta-feira (25).

Em sua fala, Casagrande destacou as iniciativas que estão sendo desenvolvidas pelo Governo do Estado com foco na transição energética. “Temos o Programa de Geração de Energias Renováveis (Gerar) que concede incentivos a energias renováveis. Além disso, estamos tomando decisões internas para que nossas obras tenham energia renovável. Por exemplo, as novas obras precisam ter energia solar e estamos fazendo levantamentos para que possam adequar os prédios públicos já existentes”, citou.

O governador também falou que o processo de transmissão de matriz energética alcança outras áreas: “Queremos fazer a transição da frota de ônibus, trocando os motores a combustão por elétricos. Vamos iniciar os testes com quatro veículos já no próximo ano. Estamos ainda iniciando o debate para termos um laboratório de mobilidade elétrica que envolveria o Governo do Estado e empresas interessadas. A ideia é debatermos esses temas e investirmos cada vez mais em energias renováveis.”

Temas

São temas em debate: “Inovação na Transição Energética”, “Desafios da Mobilidade Elétrica”, “Linhas de Financiamento para a Transição Energética”, “O Potencial de Produção de Hidrogênio Verde”, “Programa Gerar”, “Perspectivas do Mercado de Gás no ES”, “Marco Regulatório para a Exploração de Energia Eólica e as Potencialidades do ES”, “Marco Regulatório da Geração Distribuída”, “Oportunidades de Geração de Energia Renovável a partir dos Resíduos no ES” e “Pesquisa & Desenvolvimento na Transição Energética”.

O Programa de Geração de Energias Renováveis do Espírito Santo (Gerar), criado pela Lei nº 11.253/2021, é um instrumento de política pública que tem por objetivo promover a melhoria da qualidade de vida da população do Estado, diversificando a matriz energética, descentralizando e interiorizando o desenvolvimento socioeconômico, tornando o ambiente de negócio mais competitivo e seguro.

Pautando-se em instrumentos de políticas públicas e medidas governamentais mais utilizados e modernas no cenário internacional, para fomento de energia renovável, o Programa Gerar possui seis eixos de atuação, sendo eles: instrumentos regulatórios; incentivos tributários; Pesquisa e Desenvolvimento (P&D); acesso à rede; desenvolvimento regional; e financiamentos.

Participantes

Também participaram da abertura da Fenergia, a subsecretária de Estado de Competitividade, Rachel Freixo; o diretor de Negócios do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Marcos Kneip Navarro; o presidente da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), Alberto Gavini; o superintendente do Sebrae-ES, Pedro Rigo; o vice-presidente de Distribuição da EDP Brasil, João Manoel Brito Martins; a relações institucionais da WEG, Ana Paula Hauffe Torquato; o gerente de Produção de Energia da ArcelorMittal Tubarão, Tarley Rezende Secchin; além de outros representantes de instituições e empresas.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade