ES apresenta queda de homicídios pelo quinto mês consecutivo

(Fotografia - Hélio Filho/Secom)

Os indicadores foram apresentados na reunião mensal de avaliação do programa Estado Presente em Defesa da Vida

O Espírito Santo registrou queda no índice de homicídios dolosos pelo quinto mês seguido em 2019. Ao todo, foram 439 mortes de janeiro a maio deste ano contra 510 assassinatos no mesmo período de 2018, o que corresponde a 71 vidas poupadas. Somente em maio, em relação ao mesmo mês do ano anterior, foram 12 casos a menos, representando 13% de redução.

O governador do Estado, Renato Casagrande, destacou que os trabalhos estão resultando em dados positivos, mas ressaltou que deseja melhorar os indicadores a cada dia, reduzindo o número de vidas perdidas no Espírito Santo. “Os resultados continuam positivos, mas mortes são mortes. A gente nunca deve comemorar. Temos que seguir trabalhando e implementando políticas para preservar a vida dos capixabas”, afirmou.

Mantendo a tendência de redução de violência, o Estado fechou os cinco primeiros meses do ano, novamente, com o menor número de homicídios da série história em 23 anos, sendo os 439 homicídios registrados representando 38 casos a menos que 1996, que era o menor resultado desde então.

Todas as informações foram divulgadas nesta quarta-feira (12) durante a reunião mensal de avaliação do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, realizada sob a liderança do governador Casagrande. Foram apresentados indicadores e discutidas as ações aplicadas de enfrentamento e prevenção à violência e à criminalidade, com foco, principalmente, nos crimes letais (homicídio, feminicídio, latrocínio e lesão corporal).

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Sá, destacou o trabalho positivo, mesmo com as dificuldades encontradas. “Nos crimes letais intencionais temos uma redução de 77 casos e nos primeiros dias de junho estão se mantendo. Em homicídios dolosos temos uma redução de 71 casos. Estamos com o melhor número da série histórica em 23 anos. Observando o contexto de dificuldade, precisamos dar mais ênfase ainda para essa redução”, asseverou.


LEIA TAMBÉM
Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!