18.5 C
Vitória
quarta-feira, 3 junho, 2020

Novo coronavírus: automedicação pode ser um perigo

Leia Também

Prazo de pagamento da taxa do Enem é prorrogado

Segundo o Inep, mais de 5,7 milhões de pessoas já tiveram suas inscrições confirmadas. E a expectativa é que 300 mil inscritos paguem a taxa de inscrição do exame.

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Estado tem mais de 15 mil infectados pela Covid-19

Chegou a 15.151 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Espírito Santo, segundo o “Painel Covid”.

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Pandemias como a do novo coronavírus podem gerar uma verdadeira corrida às farmácias para encontrar medicamentos que tratem a Covid-19. Não caia nessa!

Diversos medicamentos estão sendo anunciados por cientistas e pesquisadores como possíveis antígenos contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), mas não é bem assim. Ainda não se sabe muito bem qual medicamento pode ser eficaz contra a Covid-19. De acordo com estudos, se automedicar é grave e pode trazer sérios riscos à saúde.

“Ninguém deve sair tomando remédios de forma aleatória e sem prescrição. Não é necessária nem indicada essa corrida às farmácias. Nem faz sentido se encher de antigripais ou vitaminas sem orientação”, alerta infectologista da Unimed Vitória, Rubia Miossi.

Nos últimos dias, um remédio que é usado contra a malária e outras doenças como lúpus foi testado com sucesso no tratamento do coronavírus, mas em um grupo pequeno, de 20 pacientes graves, nenhum com sintomas leves. Isso fez com que a procura pela medicação aumentasse, chegando a faltar para quem realmente precisa.

“A hidroxicloroquina sumiu das prateleiras quando anunciaram que estava em testes. Mas ainda não há estudo conclusivo sobre seu uso no tratamento da Covid-19. Foi testada em poucos pacientes e apenas com quadros graves. Usar por conta própria é muito perigoso e quem precisa do remédio acaba ficando sem”, afirma a infectologista.

hidroxicloroquina
A hidroxicloroquina foi utilizada para tratar poucos casos graves do coronavírus e não deve ser administrada sem acompanhamento médico. – Foto: Reprodução

Riscos

É importante destacar que há alguns riscos em seu uso indevido. “Existem algumas reações adversas possíveis com a hidroxicloroquina, como lesão forte na retina, problemas hepáticos, anemia e problemas cardiovasculares graves”, ressalta Rúbia Miossi.

A médica ainda lembra que a automedicação pode intensificar a gravidade de enfermidades existentes ou mascarar sintomas de outras. “Em relação ao coronavírus, se a pessoa apresentar sintomas e se enquadrar nos critérios de caso suspeito estabelecidos pelo Ministério da Saúde, deve procurar o pronto-socorro mais próximo de sua casa. A avaliação de risco e das complicações decorrentes, assim como das medicações a serem utilizadas, deverá ser feita pelo médico”, conclui.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Cooabriel inaugura unidade em Montanha

O objetivo da nova unidade é atender às grandes solicitações de sócios e produtores, além de expandir a cultura do café conilon na região.

Governo publica MP que pode destravar crédito às pequenas e médias empresas

Os bancos já emprestaram mais de R$ 900 bilhões em recursos novos, renovações e suspensão de parcelas de empréstimos.

Parque de iluminação de Vila Velha será modernizado e ampliado

O edital para contratação da empresa que realizará o serviço foi lançado na sexta-feira (29), nos Diários Oficiais do Município, Estado e da União, além de jornais de circulação nacional.

Vida Capixaba

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Novas regras adotadas para o comércio a partir desta segunda-feira (1º)

As novas regras para galerias, centros comerciais, academia, shoppings e restaurantes de Vila Velha foram publicadas no Diário Oficial do município desse domingo (31).

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda (1º)

De acordo com a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, a decisão foi tomada durante uma reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública do Estado, realizada hoje. 
Continua após publicidade