25.5 C
Vitória
sábado, 18 maio, 2024

Capixabas são os que mais se automedicam, segundo pesquisa

A pesquisa do ICTQ foi realizada em 16 capitais. Cerca de 40% das pessoas fazem autoconsumo de medicamentos

O Espírito Santo é o segundo Estado com maior número de pessoas que se automedicam, de acordo com uma pesquisa do Instituto de Ciência e Tecnologia e Qualidade (ICTQ). Cerca de 2.430 pessoas participaram da pesquisa, que foi realizada em 16 capitais brasileiras. Confira matéria sobre crescimento de farmácias no Etado.

Brasília foi considerada a primeira do ranking (66%), seguida de Vitória e Salvador (59%), Natal (55%) e João Pessoal (53%). Ao todo, 40% das pessoas que fazem autoconsumo de medicamentos têm o hábito de se autodiagnosticarem pela internet.

- Continua após a publicidade -

Para o clínico-geral e reumatologista, José Mário Corassa, o costume do brasileiro de se automedicar também ajuda a explicar o crescimento do setor farmacêutico no Estado e no país.

“Já vi farmacêutico atendendo o telefone e mandando medicação para a casa do cliente, sem saber ao certo quem era e que uso o remédio teria. Fica sempre aquele velho conselho: mesmo com tantas farmácias disponíveis, consulte um médico antes de se medicar.”, disse Corassa.

De acordo com o médico, a automedicação começa a se tornar um problema quando vira rotina. Além de indicar algo mais sério, o medicamento tem potencial nocivo quando inserido de forma aleatória nas veias.


Leia mais:

 

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA