24.4 C
Vitória
sábado, 25 maio, 2024

Contauto: R$ 3,5 milhões em produtos do atacado

A CNTT, nova empresa do Grupo Contauto, dá início a distribuição de produtos exclusivos para o mercado automotivo

Por Amanda Amaral

A CNTT Distribuidora – nova empresa do Grupo Contauto, começou neste mês a distribuição exclusiva de pneus da marca italiana Pirelli para veículos de linha leve – aros 13 ao 22, o que corresponde aos automóveis de passeio, picapes e utilitários. O estoque inicial equivale a R$ 35 milhões.

- Continua após a publicidade -

A CNTT atende ao mercado automotivo – de empresa para empresa, e é comandada pelos irmãos Apolo e Gabriel Rizk, tradicionais empresários do setor de veículos do Espírito Santo. Com estoque inicial de oito mil pneus da marca Pirelli, o equivalente a R$ 3,5 milhões, a expectativa é comercializar cinco mil pneus por mês neste início de operação.

Além de pneus, a CNTT Distribuidora atua com lubrificantes e peças automotivas. De acordo com a empresa, o objetivo é atender todo o Espírito Santo. Para isso, novas vagas de emprego já estão disponíveis em diversas áreas, como vendas, teleatendimento e retaguarda.

Contauto
O empresário Apolo Risk, ao lado do irmão Gabriel, comanda a CNTT. Foto:. Divulgação

No final do ano passado, foram investidos R$ 1,5 milhão na construção de um novo Centro de Distribuição (CD), no município da Serra, somente para atender a esta nova demanda do atacado. O galpão está localizado em uma área de 15 mil metros quadrados e centraliza as operações de vendas de caminhões, manutenção automotiva e pesados e distribuição para o Grupo Contauto.

Após a saída da Ford do mercado brasileiro, o Grupo passou por mudanças, entre elas, as novas marcas representadas pela Contauto Caminhões – Foton e Keyu, reabertura do consórcio, serviço de carro por assinaturas e a criação de novas empresas.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA