19.9 C
Vitória
segunda-feira, 23 maio, 2022

Carnaval: Cariacica proíbe blocos de rua e festas em vias públicas

Carnaval de rua, em Cariacica, na Grande Vitória - Foto: Divulgação/PMC

O decreto também proíbe o uso de trios elétricos e carros de som em vias públicas do município de Cariacica, quando houver aglomeração

Por Wesley Ribeiro

A partir desta quarta-feira, 19 de janeiro, as festas, os eventos públicos e privados em vias públicas e os blocos de rua estão suspensos em Cariacica, na Grande Vitória. Um decreto municipal foi publicado no jornal impresso Diário Oficial e vale até o dia 6 de março de 2022.

O decreto também proíbe o uso de trios elétricos e carros de som em vias públicas do município, quando houver aglomeração.

A nova regra atende a uma recomendação da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa-ES), que sugeriu que as cidades suspendessem o carnaval de rua, os grandes shows e os grandes eventos no estado devido ao recente aumento do número de casos de covid-19, provocado pela nova variante Ômicron, e pelo aumento nos casos gripe.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, em um pronunciamento transmitido pela internet na última segunda-feira, 17 de janeiro, os municípios que não seguirem a recomendação deverão apresentar embasamento técnico, considerando dados epidemiológicos para sustentar a decisão.

esbrasil_expedito_garcia
A Avenida Expedito Garcia, em Campo Grande, Cariacica, é uma das vias que mais concentram blocos de rua no município – Foto: Divulgação/PMC

Na ocasião, Fernandes reforçou que a decisão de manter eventos “não seria adequada ao nosso estado, num momento aonde a curva de expansão de casos pode ainda ser mitigada desde que a gente consiga interromper grandes interações sociais e avançar na vacinação e na testagem em massa”.

O conselho para os municípios em relação a eventos menores e agendas em casas de shows é que sejam adotadas exigências que incluam passaporte de vacinação.

Ele acrescentou que cidades que não tenham condições de oferecer uma testagem em massa, é recomendado que fiquem atentas e reforcem a fiscalização.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade