25.8 C
Vitória
terça-feira, 27 outubro, 2020

Brumadinho e Mariana receberão dívidas antecipadas do governo

Leia Também

ES lança primeiro portal específico para desaparecidos do País

As famílias de pessoas desaparecidas no Espirito Santo, ganharam uma arma poderosa para ajudar nas buscas dos parentes

Fundo para municípios do sul deve ser extinto

O Fundo de Desenvolvimento Econômico do Sul do Espírito Santo (Fundesul) será extinto. A medida está no Projeto de Lei (PL) 511/2020, encaminhado pelo governador Renato Casagrande (PSB) à Assembleia Legislativa (Ales).

Bandes abre linha de crédito para empresas capixabas

Os micro, pequenos e médios empresários capixabas vão ganhar apoio econômico para a retomada da economia no Estado.

O governo do estado só começaria a pagar as parcelas a partir do ano que vem, mas a primeira será paga nesta quinta-feira (16)

O governo do Estado de Minas Gerais fará o pagamento da primeira parcela da dívida às cidades de Mariana, na região Central de Minas, e Brumadinho, na Grande BH. Com o pagamento, as demais parcelas serão pagas sempre no final de cada mês até o próximo ano.

Os dois municípios foram muito afetados por conta dos rompimentos das barragens do Fundão, em novembro de 2015, e Córrego do Feijão, em janeiro de 2019, respectivamente. Muitas pessoas ficaram prejudicadas com as catástrofes .

Ao todo, o Governo de Minas Gerais deve R$ 14,3 milhões a Mariana, dos quais R$ 5 milhões são fruto de não pagamento de repasse pela gestão de Romeu Zema (Novo) e R$ 9,3 milhões da administração de Fernando Pimentel (PT).

De acordo com o Folha Vitória, cerca de R$ 8,4 milhões a Brumadinho, dos quais R$ 3,2 milhões são dívidas da gestão atual e o restante, da anterior.

Acordo

Em 04 de abril, o governador Zema assinou um acordo com a Associação Mineira de Municípios (AMM), após três meses de negociação. Conforme os termos do acerto, o Governo de Minas pagaria R$ 7 bilhões aos municípios mineiros em repasses que não foram realizados desde 2017.

As dívidas oriundas da gestão atual, de Romeu Zema, será paga em três parcelas a partir de janeiro de 2020. Já o que ficou para ser pago da gestão de Pimentel será depositado em 30 parcelas a partir de abril do ano que vem.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Governo Bolsonaro completa 600 dias

O governo do presidente Jair Bolsonaro completa 600 dias hoje (23). As principais ações desse período foram reunidas em balanço publicado na página da...

Bolsonaro recua e diz que teto e responsabilidade fiscal seguem como ‘norte’

A regra do teto de gastos, prevista na Constituição, impede que as despesas cresçam em ritmo superior à inflação

Bolsonaro nomeia Temer e Justiça autoriza viagem de ex-presidente ao Líbano

O presidente Jair Bolsonaro oficializou na segunda-feira, dia 10, a nomeação do ex-presidente Michel Temer (MDB) como integrante da missão oficial que levará auxílio...

Congresso decreta luto oficial de 4 dias após 100 mil mortes por covid-19

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), informou neste sábado (8) que o Congresso decretou luto oficial de quatro dias em solidariedade "a todos...

Onyx Lorenzoni tem exame positivo de covid-19

Informação foi dada em mensagem no Twitter. Confira! O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, informou nesta segunda-feira (20) que foi infectado pelo novo coronavírus. Em mensagem no Twitter, o...

Governo sanciona novo Marco Legal do Saneamento Básico

Bolsonaro participou de evento virtual no Palácio da Alvorada. Saiba mais! Aprovado no Senado Federal no final do mês passado, após tramitar também pela Câmara...

ES Brasil Digital

Capa ES Brasil 181
Continua após publicidade

Fique por dentro

Ajuste fiscal passa por reformas que aumentam produtividade, diz Bruno Funchal

Funchal disse que o teto dos gastos já endereçou o primeiro problema estrutural da questão fiscal brasileira

Pet – Um mercado sem crise

Segmento cresce na mesma proporção que o amor dos tutores por seus "filhos" A gente ama, cuida e não vive sem. Sendo eles pequenos, peludinhos...

Governo revisará projeção de queda do PIB para 2020 em novembro, diz secretário

"Todos os indicadores de atividade mostram um forte recuperação em V da economia", afirmou Waldery

Boletim aponta queda no turismo do Espirito Santo

O secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana, destacou a importância deste acompanhamento sistematizado, que permite o planejamento de ações cada vez mais eficientes

Vida Capixaba

Recept: Turismo receptivo ganha representação

Com o objetivo de ajudar a fortalecer o setor de turismo receptivo brasileiro, que conta com mais de 3 mil agências, foi lançada, nesta terça feira (27) a Recept (Associação Brasileira de Turismo Receptivo).

Qualificar ES abre 26 mil vagas em cursos on-line

O programa Qualificar ES abriu 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos. Aqueles que possuem mais de 16 anos e acesso à internet já podem se inscrever.

Espírito Santo ganha novo espaço cultural

Os capixabas vão poder contar com mais um espaço para o crescimento e fomento da cultura no Estado

Banestes promove ações de conscientização

As ações são para conscientização e em apoio à Semana da Segurança Digital
Continua após publicidade