18.5 C
Vitória
quinta-feira, 9 julho, 2020

Ales: Bandes apresenta números de 2018

Leia Também

ES registra mais de 58 mil pessoas confirmadas com o novo coronavírus

Destes, 39.609 já estão curados. O número de mortes também subiu nas últimas 24 horas. São 1.911 óbitos, ante os 1.879 de ontem (07). O índice de letalidade está em 3,26%.

Provas do Enem serão realizadas em janeiro de 2021

O anúncio foi realizado por meio de coletiva de imprensa, que contou com a presença do secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC), Paulo Vogel, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes.

Vendas de veículos novos apresentam retração em maio

Já no acumulado dos cinco meses de 2020, os 21.187 veículos emplacados registraram 25,98% abaixo do resultado verificado no mesmo período do ano passado, quando foram  vendidas 28.624 unidades.

Mais recursos para atendimento a pessoas em situação de rua

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), a verba será doada pelo governo estadual, que repassará R$ 376,2 mil para a realização de ações em três meses.

A apresentação foi feita pelo gestor do banco à Comissão de Finanças da casa de lei

O diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Maurício Duque, prestou contas das atividades da instituição nesta segunda-feira (13), na Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa. Segundo material apresentado, o banco fechou o ano passado com um saldo positivo de R$ 1,67 milhão em suas operações.

A carteira de crédito do banco (abastecida por recursos próprios, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES – e de fundos públicos estaduais) gira em torno de R$ 1 bilhão, com destaque para o café, que responde por cerca de 40% dos financiamentos. O número total de clientes do Bandes em 2018 foi de 24.252, com uma inadimplência de 8,3%.

Os números entre 2015 e 2018 apontam para R$ 2,5 bilhões injetados na economia capixaba, o que contribuiu para a criação e manutenção de 38 mil empregos. Os programas prioritários nesse período foram voltados para economia verde e criativa, turismo, avicultura e outras iniciativas, como a produção de cafés especiais e diversificação agrícola.

Duque informou que o Bandes também atuou em políticas públicas, como os programas Reflorestar (2.823 projetos), Nossocrédito (37.240) e o de Barragens e Reservação de Água (345).

José Esmeraldo (MDB) e Alexandre Xambinho (Rede) perguntaram ao diretor-presidente se o banco trabalha com o financiamento de projetos ligados a energia limpa.

“Um dos programas, o da economia verde, abrange financiamentos dessa linha. Temos necessidade de dar foco maior, pois os pequenos e médios não associam (economia verde) com energia solar. Queremos ampliar o programa e ter um produto melhor para energia solar”, respondeu.

Quem também indagou Duque foi Marcos Garcia (PV). Ele questionou o que o Bandes poderia fazer para ajudar os produtores de café a renegociarem suas dívidas e a recuperarem crédito.

“O Bandes tem amarras. Ele recebe (dinheiro) do BNDES, é um repassador de recursos, assim a capacidade fica amarrada. Teria que ter entendimento com o BNDES para dar melhores condições para o cafeicultor. Qualquer política, hoje, temos que fazer com o BNDES. Sabemos da preocupação de todos no segmento”, afirmou.

Também participaram da audiência pública os deputados Euclério Sampaio (sem partido), presidente do colegiado de Finanças, Enivaldo dos Anjos (PSD), Fabrício Gandini (PPS), assim como os diretores do Bandes Iranilson Casado e Everaldo Colodetti; e, o ex-diretor-presidente da instituição, Aroldo Natal.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vendas do varejo sobem 13,9% em maio ante abril, revela IBGE

As vendas do comércio varejista ampliado acumularam queda de 8,6% no ano e redução de 1% em 12 meses. Confira! Por Daniela Amorim (AE) As vendas...

Sicoob ES vai liberar R$ 200 milhões para produtores de café

O volume será disponibilizado mais cedo este ano, neste mês, como uma medida do Ministério da Agricultura para apoiar o setor neste momento de pandemia.

Dia Mundial do Chocolate: destaque na produção da matéria-prima no ES

O Espírito Santo produz cerca de oito mil toneladas de cacau por ano. Isso porque o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) apoia os agricultores, fomentando a produção de cacau no território capixaba.

Ministérios defendem venda de refinarias após Congresso pedir bloqueio

Pastas da Economia e de Minas e Energia emitiram nota. Saiba mais!  A privatização de refinarias da Petrobras encontra aval em decisões recentes do Supremo...

Vida Capixaba

Shopping Vitória realiza liquidação virtual nesta semana

A RED TAG (etiqueta vermelha), uma liquidação virtual dentro da Vitrine SV, entre os dias 8 e 10 de julho.

Webinar aborda a construção em aço na era da Indústria 4.0

A webinar “Construção em aço na era da Indústria 4.0”, que será realizada nesta quinta-feira (09), a partir das 17 horas.

Como fica o tempo nesta semana no Espírito Santo? Veja!

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a previsão é de poucas nuvens e sem chuvas nas regiões capixabas.

Centro de Quarentena começa a funcionar em Vitória

A previsão é acolher cerca de 800 pessoas até o fim do ano. E para atender os pacientes, foi montada uma equipe com 44 profissionais, entre assistentes sociais, técnicos de enfermagem, entre outros.
Continua após publicidade