18.5 C
Vitória
quarta-feira, 8 julho, 2020

Cachoeiro de Itapemirim comemora aniversário; Mas não terá festa

Leia Também

ES registra 2.156 casos confirmados e 43 mortes em 24 horas

O Espírito Santo bateu o recorde em casos confirmados do novo coronavírus: 2.156 em 24 horas. No total, o Estado tem 56.703 pacientes infectados pelo vírus.

Sicoob ES vai liberar R$ 200 milhões para produtores de café

O volume será disponibilizado mais cedo este ano, neste mês, como uma medida do Ministério da Agricultura para apoiar o setor neste momento de pandemia.

Testes rápidos aplicados em massa são um risco, diz especialista

Segundo especialista, o mais indicado para a realização de testes em massa na fase aguda da pandemia, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é o teste PCR, que detecta com quase 100% de precisão a presença do vírus já a partir do primeiro dia de contágio.

Dia Mundial do Chocolate: destaque na produção da matéria-prima no ES

O Espírito Santo produz cerca de oito mil toneladas de cacau por ano. Isso porque o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) apoia os agricultores, fomentando a produção de cacau no território capixaba.

Por conta da pandemia, não haverá celebração. Apesar disso, essa tradição de mais de 80 anos permanecerá como marca do município

Um município tradicional, que tem muita história para contar. Cachoeiro de Itapemirim comemora 151 anos nesta segunda-feira (29), entretanto não poderá celebrar com festa por conta da pandemia do novo coronavírus, que já fez muitas vítimas em todo o Estado.

A data de aniversário da cidade surgiu por conta do padroeiro São Pedro. Relatos históricos também dizem que a proximidade com as férias do meio do ano, facilitando a vinda de cachoeirenses que morassem fora da cidade, e o início do inverno, com clima mais propício à realização de atividades ao ar livre, também contribuíram para a escolha da data.

No período da Festa de Cachoeiro, são realizadas a Corrida de São Pedro, o Desfile Cívico Escolar, o Encontro dos Amigos da Praça Vermelha, o Baile de Gala e a programação de entretenimento no Parque de Exposições.

Também são concedidas comendas e honrarias a pessoas que marcaram a história da cidade. A principal delas, a de Cachoeirense Ausente Nº 1, foi concedida pela primeira vez em 1942, tendo como primeiro agraciado Heráclides Pereira Gonçalves. Em 1990, surgiu o título de Cachoeirense Presente Nº1 (concedido pela Câmara Municipal, que escolheu, este ano, o advogado, jornalista e professor José Paineiras Filho).

“Além da pandemia, tivemos este ano a maior enchente já registrada no município, causando estragos inclusive em equipamentos históricos, como o Centro Operário, que tradicionalmente recepciona o Cachoeirense Ausente. Vivemos um dos períodos mais desafiadores da história do município, mas vamos superar juntos para a cidade poder comemorar ano que vem. Para este ano, devemos celebrar a nossa própria saúde, permanecendo em casa”, destacou o prefeito Victor Coelho.

Comemorações on-line

Para não deixar a data passar em branco, a equipe da Secretaria Municipal de Educação (Seme) incluiu nas atividades pedagógicas a história de Cachoeiro de Itapemirim para aulos da rede municipal, desde a pré-escola até os anos finais do ensino fundamental.

desfile cívico
Neste ano não haverá desfile cívico escolar em Cachoeiro de Itapemirim. – Foto: Divulgação / PMCI

A secretária municipal de Educação, Cristina Lens Bastos, disse que por conta da pandemia não haverá desfile cívico escolar, tradicional no município. “Nossa equipe pedagógica planejou atividades sobre Cachoeiro de Itapemirim, de acordo com a história e curiosidades da nossa cidade. Elas serão abordadas, mesmo que à distância, para que essa data tão significativa não fique esquecida”, contou.

Já a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) está dando apoio à realização, neste mês, de uma série de lives na página do Instituto Histórico e Geográfico de Cachoeiro no Instagram (@ihgcachoeiro).

Os últimos bate-papos on-line será realizada nesta segunda-feira (29), às 17h, com os respectivos temas: “Festejando a história dos primeiros artistas cachoeirenses”: “110 anos da Ponte de Ferro”: e “A fé ‘da freguesia de São Pedro das Caxoeiras do Itapemirim’”.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_177
Continua após publicidade

Fique por dentro

Ministérios defendem venda de refinarias após Congresso pedir bloqueio

Pastas da Economia e de Minas e Energia emitiram nota. Saiba mais!  A privatização de refinarias da Petrobras encontra aval em decisões recentes do Supremo...

Planejamento e pesquisa ajudam microempresa a ter crédito na pandemia

Cooperativas, fintechs e empresas individuais emprestam a juros baixos. Saiba mais! Um dos principais gargalos para os negócios de pequeno porte durante a pandemia da...

Caixa deposita saque emergencial do FGTS para nascidos em fevereiro

Valor será creditado nesta segunda-feira (6) pelo banco. Confira! A Caixa inicia, nesta segunda-feira (29), o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do...

O que fazer se entregou a declaração de imposto de renda com erro?

O prazo para a entrega do IRPF na última terça-feira (30). Contudo, muitos continuam preocupados pois descobriram que cometeram erros na hora do envio e querem saber como ajustar o documento.

Vida Capixaba

Shopping Vitória realiza liquidação virtual nesta semana

A RED TAG (etiqueta vermelha), uma liquidação virtual dentro da Vitrine SV, entre os dias 8 e 10 de julho.

Webinar aborda a construção em aço na era da Indústria 4.0

A webinar “Construção em aço na era da Indústria 4.0”, que será realizada nesta quinta-feira (09), a partir das 17 horas.

Como fica o tempo nesta semana no Espírito Santo? Veja!

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a previsão é de poucas nuvens e sem chuvas nas regiões capixabas.

Centro de Quarentena começa a funcionar em Vitória

A previsão é acolher cerca de 800 pessoas até o fim do ano. E para atender os pacientes, foi montada uma equipe com 44 profissionais, entre assistentes sociais, técnicos de enfermagem, entre outros.
Continua após publicidade