26.5 C
Vitória
sexta-feira, 30 outubro, 2020

Ageísmo: uma atitude que nasceu com o envelhecimento da população

Leia Também

Escritores capixabas ganham notoriedade no mercado literário

Novos formatos impulsionaram a publicação de autores iniciantes no mercado capixaba

Mercado bom pra cachorro!

Mercado pet foi o que mais cresceu, mesmo em meio a pandemia

Alimentação, o ramo que mais cresceu em 2020

Setor alimentício foi um dos que mais cresceram em 2020

Não seja um reprodutor desse tipo de discriminação

Dados recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a população idosa, com mais de 60 anos, ultrapassa os 29 milhões de pessoas no País. A estimativa é que este número suba para 73 milhões até 2060. Nesse cenário, surge um novo termo: o ageísmo. O que ele significa? O que causa?

O ageísmo é uma espécie de preconceito com quem tem a idade mais avançada, explica o psicólogo da Jequitibá Residência Assistida, Gustavo Souza. Quem pratica essa atitude acredita que pessoas com mais de 60 anos não produzem mais e não são capazes de contribuir com a sociedade. “Essa discriminação pode gerar desdobramentos negativos na saúde física e mental do idoso”, alerta o psicólogo especialista em idosos.

Eles podem acontecer porque, com o passar dos anos, é comum que o idoso se sinta inseguro, incapaz e com a autoestima abalada. Por isso, o profissional alerta para a importância da preparação para a velhice ao longo da vida. ”O indivíduo que fez esse planejamento para envelhecer compreenderá o seu lugar, sua história e terá mais capacidade para enfrentar esse preconceito e todo o processo de envelhecimento”, explica Gustavo.

Para Gustavo, é fundamental que as gerações mais jovens transformem o seu olhar acerca dos idosos, pois eles têm conhecimentos e experiências valiosas a transmitir. Em pouco tempo, a sociedade brasileira estará mais envelhecida e o bem-estar social passará pela valorização e melhor aceitação do idoso. Vale lembrar que os adultos de hoje chegarão em breve à velhice e poderão sofrer também com o ageísmo.

“Muitos indivíduos se esquecem que foram essas pessoas mais velhas que abriram diversos caminhos e batalharam por conquistas que usufruímos hoje em dia. É importante que as gerações convivam em harmonia, pois cada uma delas tem algo para ensinar e aprender. É fundamental ter empatia para identificar as melhores formas dessa relação acontecer”, afirma o psicólogo Gustavo Souza.

Leia também
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Guedes diz esperar que SP pague pela vacina

O presidente Jair Bolsonaro e Doria divergem publicamente sobre a obrigatoriedade da vacinação contra a covid-19

FGV: Confiança de Serviços cai 0,4 ponto em outubro

O Índice de Situação Atual (ISA-S) aumentou 2,6 pontos, para 79,5 pontos, mantendo tendência crescente iniciada em maio

13º salário injetará R$ 208 bi na economia, diz CNC

O levantamento se baseou em dados da massa salarial paga aos trabalhadores formais da iniciativa privada e do setor público

Governo não planeja prorrogar GLO na Amazônia até 2022, diz Mourão

Vice-presidete apresentou nesta quarta-feira, 28, ao presidente Jair Bolsonaro o planejamento de estratégias do Conselho da Amazônia

Confiança da indústria sobe a 111,2 pontos em outubro, revela FGV

O nível de estoques subiu de 108,1 pontos para 114,2, e o indicador de demanda cresceu de 106,2 para 110,3 pontos

Processo contra Flordelis é admitido e segue para Conselho de Ética

Deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumiu o compromisso de colocar em votação na próxima semana a retomada, de forma remota

ES Brasil Digital

Capa ES Brasil 181
Continua após publicidade

Fique por dentro

Esse governo não vai aumentar os impostos, reitera Guedes

Ministro alegou que o imposto digital possibilitaria a desoneração da folha de salários para todos os setores

Ajuste fiscal passa por reformas que aumentam produtividade, diz Bruno Funchal

Funchal disse que o teto dos gastos já endereçou o primeiro problema estrutural da questão fiscal brasileira

Pet – Um mercado sem crise

Segmento cresce na mesma proporção que o amor dos tutores por seus "filhos" A gente ama, cuida e não vive sem. Sendo eles pequenos, peludinhos...

Governo revisará projeção de queda do PIB para 2020 em novembro, diz secretário

"Todos os indicadores de atividade mostram um forte recuperação em V da economia", afirmou Waldery

Vida Capixaba

AVC, prevenção é o melhor tratamento

Campanha lembra a importância da prevenção do AVC com a prática de exercícios físicos 

Semana Lixo zero promove ação em cidades capixabas

Ação tem como tema "Lixo Zero Inspira Minha Cidade” e acontece em mais de 100 cidades em todo país

Nova forma para recarga do CartãoGv

Acordo assinado essa semana entre as duas empresas, facilitou para quem é usuário do transporte público

A importância do demaquilante correto para sua pele

Farmacêutica explica passo a passo dessa rotina de beleza saudável e dá dicas de como escolher o demaquilante ideal para cada tipo de pele
Continua após publicidade