17.7 C
Vitória
sábado, 20 DE julho DE 2024

2024: ano de fortalecimento do Turismo no Espírito Santo

Olhando para o futuro, a Secretaria de Estado de Turismo está implementando uma série de iniciativas inovadoras

Por Philipe Lemos

Neste ano, o turismo no Espírito Santo alcança um marco significativo, impulsionado pela colaboração entre o setor público e privado. Reconhecemos o potencial transformador do turismo não apenas como um momento de lazer e descoberta, mas como uma força vital para o crescimento econômico e social de nosso Estado.

- Continua após a publicidade -

Dados recentes destacam a importância crescente do turismo em nossa região. Segundo o Boletim da Economia do Turismo, uma parceria entre a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), o turismo emprega aproximadamente 196 mil pessoas e contribui com 7% do PIB capixaba. Esses números não apenas refletem a essência de nossas comunidades, mas também mostram o potencial para oportunidades de crescimento e prosperidade.

Além disso, pesquisa da Setur revela que o Espírito Santo tem sido altamente recomendado pelos turistas, com 98% dos visitantes durante o verão e o carnaval deste ano elogiando o Estado como destino de férias. Essa aprovação confirma os esforços contínuos para promover o turismo e também destaca a importância de investir na qualidade dos serviços oferecidos em nossa região.

O apoio da iniciativa privada é um braço fundamental para impulsionar esse desenvolvimento. Desde restaurantes e hotéis até operadores turísticos, a colaboração entre os setores público e privado é essencial para garantir experiências turísticas diferenciadas e sustentáveis. Neste sentido, entidades como Fecomércio, Findes e Senac têm sido parceiros importantes, alinhando a cadeia produtiva para promover um turismo de excelência.

Outro ponto importante para impulsionar o setor é a reforma tributária. A unificação de impostos traz consigo a promessa de uma arrecadação mais eficiente, incentivando a circulação de pessoas e recursos em nosso Estado. A recente aprovação da continuidade do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (PERSE) é um exemplo claro desse compromisso com o crescimento do turismo.

A celebração do Dia Nacional do Turismo destaca a importância contínua desse setor em nossa sociedade. No Espírito Santo, o turismo não apenas gera empregos e estimula negócios, mas também fortalece nossa identidade cultural e promove o desenvolvimento regional. Destinos como Vitória, Vila Velha, Guarapari, Domingos Martins, Itaúnas, Santa Teresa e Anchieta, por exemplo, oferecem uma riqueza de experiências, desde o turismo religioso até o ecoturismo e o turismo de aventura.

Olhando para o futuro, a Setur está implementando uma série de iniciativas inovadoras. O Projeto Conecta Turismo, desenvolvido em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (FAPES) e a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), visa criar um Sistema de Informações Turísticas robusto. Este sistema fornecerá dados essenciais para embasar políticas públicas e ajudar os empreendedores do setor a tomar decisões estratégicas mais fundamentadas.

Além disso, a Setur está trabalhando para reintegrar o Espírito Santo à rota dos cruzeiros marítimos. Com planos já em fase de análise pela Capitania dos Portos, essa iniciativa deve impulsionar não apenas o turismo, mas também diversos setores econômicos, desde o comércio até os serviços.

Por muitas razões, posso afirmar: 2024 é o ano do turismo para o Espírito Santo. Com determinação e colaboração, estamos construindo um futuro onde o turismo não apenas prospere, mas também enriqueça a vida de todos os capixabas.

Philipe Lemos é secretário de Estado do Turismo.

Mais Artigos

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Fique por dentro

ECONOMIA

Vida Capixaba