Estados Unidos podem ficar sem astronautas no espaço em 2019

Foto: Reprodução

Os lançamentos espaciais foram suspensos em 2011 e a Nasa poderá passar até nove meses sem astronautas em atividade

Os Estados Unidos poderão ficar sem astronautas para cumprir suas missões até novembro de 2019. Isso porque as companhias Boeing e SpaceX, responsáveis por levar seus astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS), não poderão cumprir o contrato.

Um relatório emitido pelo governo norte-americano diz que a base da Nasa poderá ficar sem os profissionais quando os últimos americanos na ISS retornarem à Terra na nave espacial russa Soyuz.

De acordo com a agência AFP, os lançamentos espaciais foram suspensos em 2011, desde então, dependem das naves russas para levar os astronautas ao espaço. Em 2014, a Boeing e a SpaceX receberam a missão de desenvolver novos sistemas de idas ao espaço.

Segundo o Gabinete de Controladoria do Governo (GAO), as empresas não serão notificadas antes de dezembro de 2019, a fim de encontrar uma solução para os futuros lançamentos. “A Nasa está explorando outras opções, mas não tem um plano B para evitar uma interrupção (nas viagens)”, diz o relatório.

Soluções viáveis poderão ser encontradas, mas não são simples. Comprar assentos adicionais na Soyuz não parece viável, pois é um processo que deve começar três anos antes da viagem programada. Desta forma, a plataforma norte-americana poderá passar até nove meses sem astronautas em atividade.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!