32.4 C
Vitória
terça-feira, 7 abril, 2020

Você é dependente da tecnologia?

Leia Também

Novas leis sancionadas para o enfrentamento ao novo coronavírus

O governador Renato Casagrande sancionou cinco leis nas áreas econômica, social e de segurança pública, publicadas hoje (07), no Diário Oficial.

Governo decreta ponto facultativo nesta quinta-feira (09)

De acordo com o governo, a medida é para colaborar com o distanciamento social. Também não haverá expediente na sexta-feira (10). 

Isolamento social: cuidado redobrado com as crianças em casa

Nesse período pode aumentar a incidência de acidentes domésticos, como quedas que podem acabar em traumas dentais, além de estimular a má alimentação.

Banco Mundial destaca política comercial brasileira no combate à Covid-19

Instituição multilateral elenca melhores práticas comerciais para enfrentar a pandemia. Saiba mais! 

A tecnologia está em nosso dia a dia até quando não queremos. Convivemos com ela no carro, no escritório, na igreja, na rua, no shopping e em muitos outros locais que nem imaginamos. Toda essa presença nos deixa mal-acostumados e impacientes quando precisamos de uma informação e ela não está disponível imediatamente. Algumas pessoas conseguem ter um bom relacionamento com a tecnologia, aproveitando-se de seus benefícios, enquanto outras ficam completamente alteradas, ansiosas e dependentes dela.

E você, como é o seu relacionamento com a tecnologia? Veja as situações a seguir. Elas indicam que você está sendo consumido pela tecnologia quando:

• Não fica satisfeito com o tempo de resposta dos eletrônicos. Controles de garagem, controles remotos de TVs e DVDs, elevadores, caixas automáticos ou o seu celular… Tudo parece que se tornou extremamente lento. Para compensar, você fica apertando insistentemente os botões, com mais força, como se isso fosse fazer a ação ser executada mais rápido.

• Você passa a considerar que todas as telas de LCD são sensíveis ao toque, inclusive aquela do seu relógio de cabeceira, quando você insiste em desligá-lo passando o dedo pelos números exibidos.

• Você não consegue mais sair de casa sem levar seu celular. Pode até esquecer a carteira ou a chave da porta, mas nunca o celular. Na verdade, seu celular parece que já passou a fazer parte do seu braço. Sem o celular, você se sente “nu”.

• E falando em aparelhos portáteis, você fica desesperado para voltar para casa quando nota que a bateria de seu celular começa a dar sinais de que vai acabar.

• Você escolhe o restaurante ou cafeteria não pelo tipo de culinária, mas se ele possui ou não acesso wifi gratuito, e de boa qualidade. Ao chegar ao restaurante, escolhe a mesa que está perto de uma tomada, já que a bateria do notebook não vai aguentar mesmo.

• Você foi mal ou bem atendido em uma loja e a primeira coisa que você pensa em fazer é publicar uma mensagem no Twitter avisando a todos sobre o que aconteceu.

• Na hora de escolher um apartamento para comprar, você avalia a sala pelo tamanho da TV que você quer instalar. Durante a visita, aproveita para verificar se a rede sem fio vai atender a todos os ambientes e se existem outras redes de vizinhos.

É claro que algumas dessas situações foram relatadas com uma leve pitada de humor, mas pode ter certeza de que elas possuem um fundo de verdade. Quem se identificou com algum desses exemplos pode levantar a mão! A tecnologia pode ajudar muito, mas a dependência dela acaba por neutralizar grande parte de seus benefícios. Fique atento para não se tornar um “viciado tecnológico”.

Gilberto Sudré é especialista em Segurança da Informação e Perito em Computação Forense

Publicidade

ES Brasil Digital

ES Brasil 174
Continua após publicidade

Fique por dentro

Plataforma inteligente é lançada no combate ao novo coronavírus no ES

A plataforma, criada pelo tenente-coronel Carlos Wagner, visa a fortalecer a prevenção e segurança contra a Covid-19 no Estado.

Recuperação de créditos tributários pode ajudar empresas capixabas

Uma alternativa para empresas do Simples Nacional e Micro Empreendedor Individual (MEI) é a recuperação de créditos tributários.

Rede de solidariedade para superar crise provocada pela pandemia

Para enfrentar os desafios da atual crise, a Associação Capixaba de Tecnologia (ACT!ON) acredita que é fundamental preservar os elos.

MEC autoriza colação de grau antecipada de médicos e enfermeiros

A medida vale para os alunos regularmente matriculados no último período desses cursos, desde que tenham completado 75% da carga horária

Vida Capixaba

Filme sobre o novo coronavírus já está pronto. Veja o trailer!

“Corona” é o nome do longa que será lançado em breve.O filme conta a história de sete pessoas presas em um elevador e uma delas está infectada.

Semana Santa marcada pela tradicional torta capixaba

A tradicional Torta Capixaba, um dos pratos mais tradicionais da época, será vendida nos estabelecimentos, apesar da crise causada pelo novo coronavírus.

Tempo: o que esperar para abril?

O mês de abril será marcado por temporais, chuvas volumosas e potencial para alagamentos. O mês começa com alerta e situação de perigo para chuvas fortes.

Camerata Sesi apresenta a live: “Café com Maestro”

Com o tema “Os benefícios da música na educação musical”, o maestro Leonardo David convida a musicista Fabi Cruz para a live nesta quarta (01), às 17h
Continua após publicidade