23.8 C
Vitória
sexta-feira, 3 dezembro, 2021

Vale promove evento virtual para apresentar iniciativas para uso do plástico reciclável

Pandemia fez disparar volume do lixo plástico no Brasil, que recicla menos de 2% do material

Estão abertas as inscrições para o Webinário “O que fazer com o plástico? Ideias inovadoras e sustentáveis para lidar com resíduos sólidos”, promovido pela Vale, que traz Juliana Lisboa, gestora cultural, diretora criativa e co-fundadora da InovaTE – Associação para Inovação, para compartilhar experiências e apresentar iniciativas inovadoras e sustentáveis para trabalhar com o plástico reciclável.

O Webinário – seminário virtual – gratuito vai acontecer no dia 29 de outubro, sexta-feira, às 19 horas, e é aberto a todas as pessoas interessadas. As inscrições podem ser feitas até o dia do evento pelo link da bio no Instagram @molaaaaa_ e os estudantes universitários receberão certificado de participação.

O descarte irregular de plástico e suas consequências para os ecossistemas humanos e naturais desperta discussões já há alguns anos em busca de soluções inovadoras, criativas e sustentáveis. De acordo com o Atlas do Plástico – estudo inédito realizado pela organização sem fins lucrativos alemã Fundação Heinrich Böll – o Brasil despeja de 70 a 190 mil toneladas de lixo por ano no mar, e o plástico representa cerca de 70% dos resíduos encontrados no litoral, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) causando problemas para a fauna e flora marinha, para a saúde das pessoas, comunidades tradicionais e turismo.

Além disso, apenas 1,28% de lixo plástico é reciclado, de acordo com dados da WWF citados pelo Atlas do Plástico. A pandemia do coronavírus fez o volume de lixo plástico no país atingir marcas preocupantes por conta do aumento disparado do delivery, do comércio eletrônico e do maior uso de material hospitalar descartável, como máscaras e luvas. Em 2018, ainda antes da pandemia, o Brasil já era o quarto maior produtor de resíduos plásticos do mundo.

“Há uma quantidade enorme de plástico sendo produzida e consumida todos os dias, de forma indiscriminada, e sem pensar no descarte de todo esse volume, em como esse processo está acontecendo e como deveria acontecer. Precisamos propor e fomentar iniciativas inovadoras para reduzir a utilização do plástico, retirá-lo do meio ambiente e transformá-lo em um recurso precioso”, afirma Juliana Lisboa.

Quem é Juliana Lisboa?

Juliana Lisboa é designer interdisciplinar, diretora criativa, co-fundadora da Inova-TE – Associação para inovação e premiada com 1º lugar no Prêmio Oxford Design (2017). Acumula 12 anos de experiência no campo da cidadania, inovação social/ambiental e criação, atuando na fronteira entre o Design e outras linguagens.

A Inova-TE é uma organização sem fins lucrativos fundada em 2016 que se desenvolve de forma colaborativa e em rede por meio de ações educativas de fomento à cultura, ciência e inovação, se conectando a comunidades de pessoas e outras organizações interessadas em soluções para os problemas contemporâneos a partir de metodologias criativas e tecnológicas. Em 2021, Juliana articulou o projeto “Plástico” com um grupo de pessoas interessadas no estudo e práticas sobre plástico que resultou na publicação “Era Plástico, modos de fazer”.

Hackathon

Durante o Webinário será lançado um evento de imersão criativa direcionado aos universitários e estudantes de cursos técnicos da Grande Vitória, Governador Valadares e Vale do Aço/MG e regiões.

“Em sua segunda edição, o evento online tem como objetivo estimular tecnologias e inovações voltadas para questões ambientais. A metodologia prevê uma maratona de desenvolvimento, com treinamentos, palestras e mentorias para instigar os estudantes a contribuirem com melhorias em suas comunidades”, reforça Tânia Semedo, analista de Relações com Comunidades da Vale.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade