27.9 C
Vitória
sábado, 15 junho, 2024

Roubos e furtos no ES registram queda de quase 12% em 2024

De janeiro a março deste ano, aconteceram 9.226 casos em locais públicos, estabelecimentos, residências e transporte público

Por Kebim Tamanini

Quando os cidadãos saem para trabalhar, vão ao supermercado, à feira ou desfrutam de momentos de lazer e outras situações, enfrentam a vulnerabilidade frente a criminosos à espreita, prontos para agir. No entanto, uma notícia positiva surge: a redução significativa do número de roubos e furtos nos primeiros meses de 2024 em comparação com o ano anterior, segundo o Painel de Crimes contra o Patrimônio Público da Secretaria de Estado e Segurança Pública do Espírito Santo (Sesp-ES).

- Continua após a publicidade -

De janeiro a março deste ano, foram registrados aproximadamente 9.226 casos de roubo e furto em vias públicas, estabelecimentos, residências e no transporte público. No mesmo período de 2023, os registros totalizaram 10.441 casos, indicando uma queda de quase 12% no atual momento.

Os horários entre 18h e 21h aconteceram os maiores índices de roubo e furto em vias públicas, seguidos por ocorrências em residências e estabelecimentos comerciais. Confira na tabela abaixo os municípios do Espírito Santo que lideram os registros desses crimes.

WordPress Tables Plugin

Os celulares permanecem como os itens mais visados pelos criminosos, com 5.730 unidades roubadas ou furtadas, seguidos por veículos, com 2.726 ocorrências, e bicicletas, com 770.

De acordo com o Painel de Crimes Contra o Patrimônio da Sesp-ES, das 9.226 ocorrências, 1.342 casos tiveram os itens roubados ou furtados foram recuperados. Esses números assemelham-se aos do mesmo período de 2023, que contabilizaram 1.347 registros de recuperação.

De janeiro a março deste ano, aconteceram 9.226 casos em locais públicos, estabelecimentos, residências e transporte público
Secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Eugênio Ricas. Foto: Willian Girelli/ES BRASIL

“Temos observado uma redução nos dados de roubo e furto contra pessoas, estabelecimentos comerciais e residências, além de casos de roubo e furto de telefones celulares e furtos em coletivos. Todos esses crimes patrimoniais, mensurados mensalmente pela Secretaria de Segurança Pública, apresentam uma tendência de queda. Embora a incidência de milhares de furtos e roubos possa aumentar a sensação de insegurança, é importante ressaltar que esses números estão diminuindo. Isso é resultado do trabalho eficiente realizado pelas polícias, aliado às medidas de prevenção implementadas dentro do programa Estado Presente”, esclarece o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Eugênio Ricas. 

Os crimes contra o patrimônio público relacionados a roubo e furto em vias públicas, residências, estabelecimentos comerciais e transporte coletivo totalizaram cerca de 34.600 ocorrências em 2023, contra 38.298 em 2022, representando uma redução de quase 10% de um ano para o outro.

Muita atenção

Confira as dicas que os especialistas oferecem para as pessoas evitarem situações complicadas de roubo e furto.

  • Mantenha-se alerta e consciente do seu entorno. Evite distrações excessivas com dispositivos eletrônicos.
  • Evite andar por áreas mal iluminadas ou desertas, especialmente durante a noite.
  • Mantenha objetos de valor fora de vista e evite exibir sinais de riqueza, como joias ou dispositivos eletrônicos caros.
  • Mantenha sua bolsa, carteira ou mochila sempre fechada e próxima ao corpo.
  • Evite deixar objetos de valor à vista dentro do carro enquanto estiver estacionado.
  • Mantenha portas e janelas sempre trancadas, especialmente quando estiver ausente.
  • Mantenha o jardim e a área externa bem iluminados para evitar pontos cegos.
  • Não compartilhe informações sobre viagens ou ausências prolongadas nas redes sociais para evitar que potenciais invasores saibam que sua casa está vazia.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA