17.7 C
Vitória
quinta-feira, 30 junho, 2022

Regularização do CPF pode ser realizada on-line

CPF
O cadastro do auxílio emergencial conta com a inserção do CPF. - Foto: Marcelo Casal / Agência Brasil

Pelo site da Receita Federal, o cidadão faz o recadastramento do CPF e atualiza informações cadastrais em qualquer momento do dia

Os cidadãos que precisam regularizar o Cadastro de Pessoa Física (CPF) para dar entrada no processo do auxílio emergencial agora pode atualizá-lo por meio do site da Receita Federal a qualquer hora do dia.

A medida foi adotada após vários contribuintes relatarem que não conseguiam cadastrar o CPF no site ou concluir o cadastro pelo aplicativo. Mas, de acordo com a Receita Federal, o problema é proveniente do número de acessos diários que tem deixado-as instáveis.

Esse foi o caso da vendedora Denise Falcão que tentou realizar o cadastro pelo aplicativo, mas sempre que tentava efetuar o cadastro acusava como inválido. “Tentei fazer o cadastro por cinco vezes e em todas elas dizia que meu CPF estava errado. Não sabia o que fazer”, disse ela.

Segundo a Receita Federal, caso o problema persista, o cidadão deve verificar no site da Receita se o CPF está em situação irregular. Caso seja encontrada alguma pendência, o problema poderá ser resolvido por meio da página de serviços do órgão, preenchendo o formulário eletrônico “Alteração de Dados Cadastrais no CPF”.

E se o problema persistir, o cidadão deverá procurar o atendimento presencial em uma agência da Receita Federal.

Auxílio

A estimativa da Caixa é de que 20 milhões de trabalhadores informais não inscritos em programas sociais poderão baixar o aplicativo que permitirá o cadastramento para recebimento da renda básica emergencial. O auxílio é de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras.

*Da redação, com informações da Agência Brasil

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade