24.4 C
Vitória
segunda-feira, 18 janeiro, 2021

Energia mais cara a partir desta terça-feira (7)

Contratualmente, as novas tarifas foram calculadas usando como base a variação de custo associado à prestação do serviço

A energia elétrica está mais cara para a maior parte no Espírito Santo. Entrou em vigor nesta terça-feira (7) o reajuste nas tarifas do serviço prestado pela EDP Espírito Santo. A porcentagem aprovada para classe residencial pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) ficou em 15,84%. A concessionária abastece 70 dos 78 municípios capixabas. Contratualmente, as novas tarifas foram calculadas usando como base a variação de custo associado à prestação do serviço. O cálculo leva em conta, ainda, a aquisição e a transmissão de energia assim como os encargos setoriais.

As contas de energia já apresentavam a bandeira tarifária vermelha (patamar 2) para o mês de agosto. Isso representa um custo adicional de R$ 5 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. A manutenção da cor da bandeira deve-se ao prosseguimento das condições hidrológicas desfavoráveis e à redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN).

A Agência explicou que o sistema de bandeiras foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. O funcionamento é simples para que os clientes possam assimilar que as cores verde, amarela ou vermelha indicam se a energia custa mais ou menos por causa das condições de geração. Apesar da sinalização, a tarifa não tem reajuste automático. A mudança permanece seguindo o calendário contratual da concessão pública (sempre em agosto).

A Aneel publica em seu site a partir dos dados encaminhados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e do Operador Nacional do Sistema (ONS), todas as informações sobre o acionamento mensal das bandeiras e os repasses da Conta Bandeiras, incluindo Relatórios, Memórias de Cálculo, Despachos e Notas Explicativas. Também está disponível no site da Agência um guia de “Perguntas e Respostas” para esclarecer as principais dúvidas dos consumidores.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Verão: cuidados para que o lazer não se torne transtorno

Capitão do corpo de Bombeiros dá dicas de cuidados durante a viagem de férias ou momento de lazer 

Ônibus GV agora mostra locais para recarga do cartão

O aplicativo apresenta diversas comodidades para quem usa transporte público. Confira!

Serra inicia estudo para cerco eletrônico de segurança

A Prefeitura da Serra iniciou os estudos para implantação do Cerco Eletrônico de Segurança no município

Chuveiros voltam a funcionar em Vila Velha

O verão é sempre uma estação de muita movimentação nas praias e claro que isso gera também um aumento de uso dos chuveiros que ficam nas orlas das praias 

Rua de Lazer tem horário reduzido por conta do Enem

Para garantir a fluidez no trânsito nos dias de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), as Ruas de Lazer em Camburi, funcionarão das 7 às 11 horas neste domingo (17) e no próximo dia 24

Produção industrial do ES recuou -0,9%

Os dados da Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF) referente a novembro do ano passado foram divulgadas nesta quinta-feira (14) pelo IBGE

ES Brasil Digital

ESBrasil-184 - Retrospectiva
Continua após publicidade

Fique por dentro

Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões

as variáveis determinantes para os resultados estão relacionadas aos preços dos produtos no mercado interno

Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020

esses setores foram responsáveis por 80% das exportações do agronegócio em 2020, contra os 78,9% de participação registrados em 2019

Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos

A Conab ressalta que, neste quarto levantamento, houve uma revisão da periodicidade e metodologia do quadro de oferta e demanda de arroz

2ª onda não tem mesmas consequências econômicas da 1ª

Bruno Serra afirmou também que a instituição precisou adotar um grau de estímulo monetário "forte" no Brasil

Vida Capixaba

Festival verão sem aglomeração

O Festival de Verão sem Aglomeração acontece de 18 a 23 de janeiro

Vai um queijinho aí?

O município de Ibitirama ganhou sua primeira agroindústria, o negócio é uma queijaria e foi o primeiro estabelecimento de 2021

Aquaviário: Transporte parece mais perto!

Serão quatro estações em três cidades, duas em Vitória, uma em Vila Velha e outra em Cariacica

Edição Especial dos Cafés Campeões

Produtores foram homenageados pela Cooperativa Cooabriel
Continua após publicidade