O maior terror das mulheres: queda dos cabelos!

Foto: iStock

As mulheres que são consideradas mais vaidosas se importam muito com a aparência e uma das questões estéticas que incomodam bastante é a queda de cabelos

As mulheres são consideradas as mais vaidosas entre os brasileiros. E os gastos com cuidados à beleza são muito altos. De acordo com a Associação Brasileira de Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHEPC), nos últimos 20 anos, o setor cresceu em torno de 11,5% ao ano  (dados de 2016).

E um dos problemas que mais afligem esse público é a queda dos cabelos. Várias são as causas que podem ocasioná-la. “Além do estresse que causa o problema, a queda do cabelo pode ser derivada de algum problema de saúde”, afirmou a dermatologista Irene Baldi.

A dermatologista Irene Baldi disse que as causas de queda dos cabelos pode ser anemia, má alimentação ou produtos químicos. – Foto: Divulgação

A dermatologista destaca que entre os problemas de saúde estão anemia, doenças da tireoide, e até regimes com restrições de alimentos importantes. “Atualmente muitas pessoas têm retirado a carne vermelha da alimentação, por exemplo, o que leva a um déficit de ferro que é um mineral importante para a saúde do fio. O número de fios que caem por dia pode variar de 100 a 150. Se há um aumento, sugerimos procurar um dermatologista”, concluiu.

Para a terapeuta capilar naturalista Paula Breder o que se pode fazer é auxiliar com protocolos naturalistas que são específicos para a deficiência de cada cabelo. “No caso da queda, indicamos o necessário para fortalecer o couro cabeludo, como shampoos fortalecedores e higienizantes com ativos naturais como jaborandi, chá verde, arnica, alecrim, mel, cristais de menta e o própolis – que é nossa cereja do bolo, pois possui propriedades anti-inflamatórias, auxiliando no fortalecimento do folículo”, explicou.

A terapeuta capilar naturalista Paula Breder que produtos a base de jaborandi, chá verde, arnica, alecrim, mel, e outras ervas. – Foto: Divulgação

Já a hair stylist Gabi Malini destacou que os processos químicos como luzes, mechas e alisamento alteram o PH dos cabelos, por isso é importante manter uma rotina de cuidados e tratamentos para deixa-los saudáveis e evitar a quebra e a queda dos fios. “Cabelos com química precisam de uma sequência de tratamentos para ficar saudáveis e recuperar a estrutura capilar, por isso sempre recomendo que minhas clientes façam o cronograma capilar no salão e mantenham em casa”, contou a profissional.

O cronograma capilar citado pela cabeleireira é composto de três etapas: reconstrução, hidratação e nutrição. “A reconstrução age de dentro para fora, devolvendo as propriedades naturais do cabelo, combatendo a elasticidade e os efeitos acusados por procedimentos químicos. A hidratação repõe a umidade natural, os nutrientes e a queratina perdida. E a nutrição que tem a função de devolver os lipídios do cabelo, além de ser a responsável por reter a água da hidratação, e ajudar a selar as cutículas”, finalizou.

Conteúdo Publicitário