18.9 C
Vitória
quarta-feira, 19 junho, 2024

Palmeiras enfrentar o calor e vence Cuiabá

 

Lentidão e calor marcaram o primeiro tempo na Arena Pantanal, neste domingo, mas a superioridade técnica do Palmeiras e a entrada de Estêvão na etapa final garantiram a vitória por 2 a 0 dos palmeirenses sobre o Cuiabá, em jogo da quinta rodada do Brasileirão. Lázaro inaugurou o placar nos minutos finais antes do intervalo, e, mais tarde, Estêvão sofreu e converteu o pênalti do segundo gol.

O resultado coloca fim a uma série de três jogos sem vitória do time comandado por Abel Ferreira no Brasileirão, após derrota para o Inter e empates com Flamengo e São Paulo. Agora, a equipe paulista está em quinto lugar, com oito pontos, bem distando do lanterna e zerado em pontuação Cuiabá, que foi comandado interinamente por Ricardo Colbachini, enquanto o português Petit, contratado na última semana, não é regularizado.

- Continua após a publicidade -

Em um início de noite quente na capital mato-grossense, Cuiabá e Palmeiras fizeram um primeiro tempo muito fraco tecnicamente. Mesmo com a maior qualidade de seu elenco, o time alviverde não conseguiu se impor e pouco ameaçou o goleiro Walter. Sem Raphael Veiga, poupado até da viagem em meio à sua atual queda de rendimento, Abel deu uma chance para o garoto Luís Guilherme, de 18 anos, entre os titulares, mas deixou o badalado Estêvão no banco. Outra novidade foi o retorno de Rony à equipe titular.

Criticados pela baixa produtividade ofensiva nos últimos jogos, os palmeirenses não conseguiram tirar grande proveito das mudanças realizadas pelo treinador, ao menos durante a maior parte da etapa inicial. Endrick era o jogador mais participativo do ataque, porém muito isolado. Enquanto isso, Lázaro, um dos destaques na vitória por 2 a 1 sobre o Botafogo-SP, na Copa do Brasil, estava escondido do jogo, bem marcado por Matheus Alexandre, mas quando apareceu, foi decisivo. Um cabeceio dele, aos 44 minutos, após ótimo cruzamento de Luis Guilherme abriu o placar na Arena Pantanal.

O segundo tempo começou mais aberto, sem a mesma lentidão vista durante a etapa inicial, e os dois times tiveram investidas interessantes. Na sequência de uma das grandes oportunidades do Cuiabá, em finalização de Fernando Sobral defendida por Weverton, o Palmeiras gerou uma chance tão boa quanto no contra-ataque. O desfecho foi Endrick tabelando com Luís Guilherme e perdendo o duelo cara a cara com o goleiro Walter.

Logo em seguida ao gol perdido, o jovem astro palmeirense foi substituído por Richard Ríos e saiu chateado de campo. Na mesma leva de substituições, Estêvão e Rômulo entraram nos lugares de Luís Guilherme e Rômulo, respectivamente. Muitíssimo elogiado por Abel Ferreira nas últimas partidas, tanto por sua qualidade técnica quanto por sua personalidade, Estêvão mostrou um pouco dos dois atributos para marcar o segundo gol palmeirense. Sofreu pênalti em jogada individual e ainda converteu a cobrança.

O garoto ainda arriscou outras jogadas e incendiou um pouco o jogo, mas o ritmo voltou a ser parecido ao do primeiro tempo, o que ficou bom para o Palmeiras, em vantagem no placar. Bastou esperar o árbitro apitar o final da partida. (Conteúdo da Agencia Estado)

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA