23.9 C
Vitória
quarta-feira, 27 outubro, 2021

Oportunidade: detentos trabalham na colheita de café

Detentos do Sistema Penitenciário Capixaba trabalham na colheita de café por meio de convênio da Sejus com a Cooabriel

por Samantha Dias

Detentos que estão cumprindo pena em regime semiaberto no Sistema Penitenciário Capixaba estão tendo a oportunidade de trabalhar em atividades relacionadas à produção e colheita de café. Por meio de uma parceria mútua entre a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e a Cooabriel, a mão-de-obra do sistema prisional está sendo absorvida e detentos trabalham na colheita de café. 

A ação teve início em maio e as atividades, em junho. Os detentos atuam de segunda a sexta-feira no desenvolvimento de atividades como: colheita, manuseio de sacos de café colhidos e tratos culturais.

O convênio tem duração de um ano e visa a ressocialização dos participantes, de modo a torná-los aptos a realizar atividades socioprodutivas, bem como dotá-los de responsabilidade econômicas, éticas e sociais. Trata-se de um projeto-piloto da cooperativa, que poderá ser ampliado.

O diretor da Penitenciaria Semiaberta Masculina de Colatina (PSMCOL), Gedeilson Costa Santos, esclarece que os internos aptos ao trabalho são avaliados por uma comissão. “Priorizamos os internos que estão no final do cumprimento da pena no regime semiaberto. O trabalho viabiliza a possibilidade de retorno ao convívio social e os internos entendem que ainda podem ser produtivos”, explicou.

O presidente da Cooabriel, Luiz Carlos Bastianello, também reforça a importância da parceria como uma oportunidade de ressocialização. “Esse trabalho é uma contribuição para a sociedade, pois essas pessoas estarão mais preparadas para o retorno à sociedade”, finalizou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade