24.9 C
Vitória
quarta-feira, 27 outubro, 2021

Espírito Santo é maior produtor da pimenta-do-reino

Assim como o café conilon, o Espírito Santo é também o maior produtor da pimenta-do-reino. Cooabriel implantou projeto piloto

Por Samantha Dias

Assim como o café conilon, o Espírito Santo, segundo o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), é também o maior produtor da pimenta-do-reino. Na Cooabriel, cerca de 3.600 cooperados (60%) produzem pimenta-do-reino, e havia uma grande demanda para a cooperativa trabalhar com este produto.

Um projeto piloto foi instalado em Vila Valério para atender a anseios de cooperados que já trabalhavam com a pimenta-do-reino. Há cerca de três meses, a Cooabriel deu início às operações de negócios com a cultura. Desde então, volumes consideráveis do produto estão sendo recebidos pela cooperativa, que oferece armazenagem segura e a comercialização do produto.

A estrutura de Vila Valério, primeira unidade de pimenta-do-reino da cooperativa, é a base do projeto e várias avaliações vêm sendo feitas em toda dinâmica do negócio. Atualmente o local recepciona, realiza o processo de limpeza, classificação, armazenagem e comercialização. A princípio, a recepção do grão será realizada somente nesta unidade piloto e o transporte da pimenta até este armazém deve ser feito pelo cooperado.

“A pimenta-do-reino costuma ter duas colheitas por ano. Em 2021, tivemos a primeira experiência na metade do ano e estamos nos preparando para a próxima recepção, com um volume maior no fim do ano. Mas já observamos uma grande adesão dos cooperados”, disse o gerente corporativo de comercialização da Cooabriel, Edimilson Calegari.

O produtor comercializa a pimenta-do-reino por telefone, aplicativo e também presencialmente, na unidade de Vila Valério.

Com informações da Cooabriel

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade