Ocupações da construção civil e serviços lideram saldo de empregos no semestre

A cidade de Vitória encerrou o semestre com o saldo de 4.598 novos postos de trabalho, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Os números foram compilados pela Secretaria de Trabalho e Geração de Renda (Setger).

Entre as ocupações que tiveram maior destaque na criação de novas vagas com carteira assinada estão servente de obras, auxiliar de escritório, ajustador mecânico, trabalhador de serviços de manutenção de edifícios e logradouros, instalador e reparador de linhas e aparelhos de telecomunicações, recepcionista, assistente administrativo, mecânico de manutenção de máquinas, pedreiro e operador de caminhão em minas e pedreiras.

O setor de Serviços manteve-se à frente com o melhor desempenho: foram 21.025 contratações contra 18.550 demissões, o que representa um saldo positivo de 2.475 novas vagas.

Nos seis primeiros meses do ano, a Construção Civil respondeu por 7.244 admissões e 5.763 desligamentos, resultando em 1.481 novos empregos assalariados. Já o Comércio teve saldo negativo de 325 vagas, em virtude da contratação de 8.492 trabalhadores e o desligamento de outros 8.817.

“A cidade mantém o seu perfil para serviços, setor responsável pela geração da maioria dos novos postos de trabalho, seguido da construção civil. No comércio houve alta rotatividade, mas sem a abertura de novas vagas nesse período. O resultado reflete o desempenho econômico da capital”, destacou o secretário municipal de Trabalho e Geração de Renda, Domingos Sávio Gava.

Foto: Marcos Salles

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome