21.6 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Após as obras, os armazéns do Porto de Vitória são comparados a cenários turísticos

Durante o evento, destacaram-se as funcionalidades planejadas para o Galpão 5, sob gestão estadual, e a intenção de implantar uma estação do Aquaviário

Por Kebim Tamanini

O conjunto de armazéns revitalizados do Porto de Vitória foi inaugurado nesta quarta-feira (12), suscitando comparações entre os presentes com icônicos pontos de revitalização urbana como Puerto Madero, na Argentina, e a Estação das Docas, em Belém do Pará. Esse projeto é parte das obrigações da VPorts, concessionária do terminal, e engloba uma série de melhorias e obras que somam um investimento de R$ 150 milhões em infraestrutura e superestrutura portuária. 

- Continua após a publicidade -

Um dos destaques do evento foi o anúncio sobre o destino do Galpão 5, que ficará sob a gestão do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura (Secult-ES). Até então, os detalhes sobre os serviços que seriam oferecidos no espaço permaneciam desconhecidos.

Durante uma coletiva de imprensa, o governador Renato Casagrande revelou as funcionalidades planejadas para o Galpão 5. “Este espaço contará com áreas para eventos, exposições, um restaurante e uma área destinada à exposição do artesanato capixaba. Dessa forma, os capixabas terão um local onde poderão interagir e marcar presença, o que contribuirá para a revitalização do centro e para o fortalecimento da cultura e do turismo no Espírito Santo”, revelou.

Durante o evento, destacaram-se as funcionalidades planejadas para o Galpão 5, sob gestão estadual, e a intenção de implantar uma estação do Aquaviário
“A revitalização do Centro de Vitória é essencial e nós temos feito diversos investimentos para resgatar a importância do local”, disse Casagrande. Foto: Secom/ES

Segundo o governador, o cronograma para o Galpão 5 prevê a conclusão do projeto ainda este ano, com início das obras programado para 2025 e entrega prevista para 2026.

O novo empreendimento será desenvolvido com base em consultas e na participação ativa da comunidade cultural do Centro de Vitória. A coordenação ficará a cargo do Instituto Pedra, reconhecido por sua expertise em projetos de requalificação urbana.

Paralelamente, o secretário de Estado da Cultura, Fabrício Noronha, revelou que está sendo estudada, em parceria com a Secretaria de Estado de Mobilidade (Semobi), a possibilidade de implementar uma estação do Sistema Aquaviário no local. Esta estação facilitaria ainda mais o acesso da população aos armazéns revitalizados, integrando o porto à dinâmica urbana da cidade.

Museu da Vale

O Porto de Vitória será o novo lar do Museu Vale, que ocupará o Armazém 4 e um prédio anexo, totalizando uma área de 3.900 metros quadrados, com inauguração prevista para 2025. No topo do prédio anexo, um restaurante com vista panorâmica da baía de Vitória e do centro histórico da capital será um dos destaques.

O novo espaço será dedicado a exposições temporárias, oferecendo uma plataforma dinâmica para artistas e curadores apresentarem trabalhos inovadores. O prédio anexo, por sua vez, terá uma exposição permanente, ocupando dois dos cinco andares com o acervo histórico da Estrada de Ferro Vitória a Minas, uma peça chave na história e no desenvolvimento econômico da região.

“A instalação do Museu Vale no Porto de Vitória contribui para a requalificação do centro antigo da cidade, um importante patrimônio histórico de Vitória, e reforça a atuação da Vale de se manter conectada à história do Espírito Santo, proporcionando o acesso à cultura e ao lazer para os capixabas”, afirmou o diretor-presidente do Instituto Cultural Vale, Hugo Barreto.

Confira no vídeo abaixo como ficou o conjunto de armazéns após a revitalização.

Cursos educacionais

O Armazém 3 do Porto de Vitória receberá um novo impulso em sua revitalização com a instalação do Senai Porto, uma unidade educacional voltada para a formação de profissionais nas áreas de logística, gestão portuária, tecnologia da informação e economia do mar. Este novo espaço representa um investimento superior a R$ 34 milhões, que serão aplicados em reformas, mobiliário, montagem de laboratórios e aquisição de equipamentos modernos.

O Senai Porto será a primeira unidade do Espírito Santo a operar em uma área portuária e começará a funcionar em 2025. Com uma capacidade para atender cerca de 1.800 alunos por dia, distribuídos em 600 por turno, a unidade promete transformar a educação profissional no estado.

“Acreditamos na educação profissional como um caminho para criar oportunidades e desenvolver o nosso Estado. E acreditamos também que ao aliarmos o ensino profissionalizante à vocação logística do Espírito Santo, criamos mais condições para fortalecermos a nossa economia e nos tornarmos cada vez mais uma referência em capital humano de qualidade”, pontuou o presidente em exercício da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Paulo Baraona.

Durante o evento, destacaram-se as funcionalidades planejadas para o Galpão 5, sob gestão estadual, e a intenção de implantar uma estação do Aquaviário
Dos cinco armazéns reformados, os dois primeiros terão uso operacional e portuário e os outros três serão destinados ao projeto sociocultural. Foto: Secom ES

A localização estratégica do Senai Porto dentro do complexo portuário permitirá uma integração direta entre o aprendizado teórico e a prática cotidiana das operações logísticas. Os alunos terão acesso a laboratórios equipados com tecnologia de ponta, facilitando a aplicação prática do conhecimento adquirido em sala de aula.

Demais armazéns…

Dos cinco armazéns revitalizados, os dois primeiros serão utilizados exclusivamente para fins operacionais e portuários, enquanto os outros três serão destinados a projetos socioculturais.

“O objetivo é encerrar as demandas legais e focar na qualificação e capacitação da mão de obra, promovendo inclusão social e utilizando dois armazéns para atividades operacionais, o que contribuirá significativamente para o desenvolvimento econômico do Estado”, finalizou o diretor-presidente da VPorts, Gustavo Serrão.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA