25.5 C
Vitória
quarta-feira, 17 DE julho DE 2024

No ES, Moro defende reforma tributária: “Tapa na cara”

O ex-juiz Sérgio Moro, pré-candidato à presidência, está no ES para participar de compromissos com a militância e encontro com empresários

Por Josué de Oliveira

Para uma plateia de empresários no município da Serra, o ex-juiz Sérgio Moro, que está de passagem pelo Espírito Santo, defendeu uma reforma tributária neutra e sem elevação de impostos principalmente para a classe média e setor produtivo.

- Continua após a publicidade -

Segundo o pré-candidato, a saída seria uma simplificação do sistema tributário no Brasil, sem elevar alíquota para qualquer setor. Só assim, segundo ele, o projeto passaria pelo Congresso e não geraria resistência de nenhum setor da sociedade.

“O brasileiro não aceita pagar mais imposto ou elevação de imposto. Se tivesse um bom retorno em matéria de serviço público a gente poderia até discutir a possibilidade”, disse.

E prosseguiu: “Mas hoje, falar em aumento de imposto para qualquer categoria, especialmente para a classe média e setor produtivo, é um tapa na cara. O Estado não retorna aquilo que normalmente cobra e exige dos contribuintes”.

Privilégios

Durante o evento, que foi promovido pela Associação dos Empresários da Serra (ASES), Moro também falou em reforma ética e administrativa.

Defendeu também o corte de privilégios, fim do foro privilegiado e serviço público de qualidade.

“Fui juiz por 22 anos, conheço a administração pública. Precisa haver meritocracia dentro da nossa administração para que se tenha um serviço de qualidade com capacitação, treinamento e incentivos. E aos que não respondem a esses incentivos que possam ser excluídos”.

Sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro, o ex-juiz defendeu ainda o fim da reeleição para presidência da República.

“Isso não deu certo. Não quero entrar em crítica pessoal, mas hoje temos um Governo que está pensando apenas em se reeleger. E que se arrebente as contas e o país”, disse.

Na agenda de Sérgio Moro está incluído também um café da manhã com o governador Renato Casagrande. O encontro será neste sábado.

Em seguida, o ex-juiz segue para um encontro com a militância e lideranças do partido no Estado. O ato será às 9 horas no auditório da Universidade de Vila Velha (UVV).

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA