23.8 C
Vitória
quarta-feira, 22 maio, 2024

Malta sai em defesa de Elon Musk e questiona Rodrigo Pacheco

Senador capixaba defendeu proprietário do X (antigo Twitter) em conflito envolvendo ministro Alexandre de Moraes e cobrou posição de presidente do Senado

Por Robson Maia

O senador capixaba Magno Malta (PL-ES) saiu em defesa do proprietário da plataforma X (antigo Twitter), Elon Musk, no conflito ocorrido nos últimos dias entre o bilionário e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. O senador elogiou a “coragem” de Musk e afirmou que ele é mais um a observar a “violação de direitos” existente no Brasil.

- Continua após a publicidade -

O conflito entre o ministro da Suprema Corte e Musk teve início no último sábado (6). O dono da rede social X vem lançando uma série de ataques a Alexandre de Moraes. O bilionário ameaçou desbloquear perfis suspensos por determinação judicial no âmbito dos inquéritos que investigam a disseminação de desinformação nas redes sociais e chamou Moraes de “ditador”.

Elon Musk afirmou ainda que o ministro Alexandre de Moraes “deveria renunciar ou sofrer impeachment” e que o X poderia sair do Brasil.

“Estamos levantando todas as restrições. Este juiz (Alexandre de Moraes) aplicou multas pesadas, ameaçou prender nossos funcionários e cortar o acesso ao X no Brasil. Como resultado, provavelmente perderemos todas as receitas no Brasil e teremos que fechar nosso escritório de lá. Mas os princípios são mais importantes do que o lucro”, escreveu Musk em seu perfil.

elon_musk_moraes_ditador
Musk já é formalmente alvo de investigação da Suprema Corte brasileira – Foto: Reprodução – X

As ameaças e acusações geraram reações do STF e do Congresso Nacional. Dentre elas do senador Magno Malta, que saiu em defesa de Musk. O parlamentar do Espírito Santo afirmou que o Brasil tem passado por momentos de violações da Constituição Federal e as falas do proprietário do X expõe o autoritarismo de Moraes.

“Todos nós já tomamos conhecimento da posição tomada pelo dono do X, o antigo Twitter, o senhor Elon Musk. Ele, como milhões de pessoas no mundo, já perceberam a violação dos direitos, a violação da constituição brasileira, dos nossos códigos e certamente se posicionou. E ao se posicionar, ele não se dirigiu a ninguém, se dirigiu ao ministro Alexandre Moraes e fez uma pergunta. Por que você está fazendo isso? De forma muito corajosa”, disse o senador capixaba.

stf_congresso_críticas_elon_musk_moraes
A investida de Musk se deu contra decisões do ministro Alexandre de Moraes – Foto por: Antonio Cruz – Agência Brasil

O parlamentar questionou ainda a razão pela qual a “esquerda” estaria se solidarizando com Moraes, uma vez que, segundo ele, as denúncias de Musk não seriam referentes aos políticos desta ala.

“O Elon Muski não tocou no nome de vocês [esquerda], ele só disse que o direito de liberdade de expressão no Brasil está violado. E o ministro tentou impor isso à plataforma que pertence a ele e, entendendo a ilegalidade, ele resolveu revelar. Vi os posts de petistas e esquerdistas reagindo a isso. Um disse até que autorizava o ministro Alexandre a prender o Elon Muski. Isso está de brincadeira. E todos achando que é um absurdo o que ele disse”, disparou Malta.

Malta comentou ainda sobre as ameaças de Musk de revelar emails enviados por Moraes, contendo supostos abusos de autoridade. O capixaba questionou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), a respeito de um posicionamento sobre o tema.

“E ele vai revelar agora todos os e-mails recebidos do ministro Alexandre Moraes. O ministro Alexandre Moraes é que precisa responder, porque a pergunta dele é ao Moraes, por que está fazendo isso? (…) Pois é, vamos esperar os próximos capítulos. (…) O ativismo judicial já poderia ter sido parado se o Senado tivesse ajudado. Então fica aí, presidente Pacheco, você precisa se posicionar essa semana. Você precisa tomar uma posição”, finalizou o senador.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA