23.3 C
Vitória
quarta-feira, 24 abril, 2024

Lula e Bolsonaro disputarão o segundo turno

Eleição presidencial será decidida em quatro semanas, no dia 30 de outubro, domingo

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) decidirão a eleição presidencial em segundo turno, no dia 30 de outubro. Com 97,1% das urnas apuradas, o ex-presidente recebeu 55.166.851 votos, ou seja, 47,42%, enquanto o atual presidente atingiu 50.313.087 votos, ou 43,63%.

Vale destacar que o segundo turno ocorre quando nenhum candidato consegue atingir a maioria da soma total dos votos computados. A realização da segunda etapa do pleito frustra principalmente a campanha do petista, que, na reta final do primeiro turno, investiu na defesa pelo voto útil na intenção de encerrar a disputa neste domingo, (2).

- Continua após a publicidade -

A doutora em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP), Graziella Testa, acredita em um segundo turno sem confrontos detalhados sobre propostas de governo. “Um segundo turno tão polarizado desse jeito dificilmente terá discussão em torno de políticas públicas. A tendência é de que seja uma campanha sobretudo de acusações para tentar atrair o voto estratégico do eleitor que rejeita um outro candidato”.

Na visão da professora do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Nara Pavão, a tendência é que os candidatos foquem em locais onde o desempenho no primeiro turno ficou abaixo do esperado. “O Sudeste terá uma disputa acirrada porque é uma região estratégica. Mas eles devem evitar áreas onde já têm apoio consolidado. Então Lula vai, em geral, evitar o Nordeste”.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA