23.8 C
Vitória
sexta-feira, 3 dezembro, 2021

Lacen/ES é o 1º laboratório do Brasil a iniciar uso de estação robotizada

O novo equipamento processa 192 amostras por horas, podendo chegar a 7 mil amostras por dia

Por Mariana Ferreira

Laboratório Central de Saúde Pública do Espirito Santo (Lancen/ES) iniciará as suas atividades utilizando uma estação robotizada de processamento de amostras, que pode ser programada a todas as doenças pertencentes ao escopo de análise do laboratório, entre elas o novo Coronavírus.

O Lacen/ES passa a ser o 1º laboratório central do Brasil a utilizar o novo equipamento, que processa até 192 amostras por hora, podendo chegar a 7 mil amostras por dia. Segundo o fabricante, apenas o Instituto Butantan (São Paulo/SP) tem um aparelho igual. A estação robotizada poderá ser utilizada em amostras de SWAB e outros fluidos biológicos para a extração de RNA e DNA, em exames de biologia molecular e de RT-PCR.

A doação foi realizada pela Loccus, empresa brasileira de inovação em soluções laboratoriais brasileira, em virtude de bons indicadores apresentados pelo Lacen/ES. Agora, o laboratório capixaba integrará o parque tecnológico, confirmando mais um legado de inovação ao Sistema Único de Saúde no Espirito Santo.

Segundo o diretor do Lacen/ES, Rodrigo Rodrigues entre as vantagens da utilização do novo aparelho está a redução de custos operacionais e gerenciais; o aumento da velocidade  do processamento; do controle de qualidade; aumento da segurança e; redução de contaminação ambiental.

“Temos o objetivo de entregar um trabalho cada vez mais ágil e de qualidade à população capixaba, e é com investimento em tecnologias de ponta estamos conseguindo. Atualmente, o Lacen capixaba é um dos mais rápidos na liberação de laudos. Vale lembrar que uma pessoa consegue processar até 30 amostras por hora, e com esse novo equipamento, reduzindo o tempo entre o recebimento das amostras e a extração das mesmas para a detecção da doença”, ressaltou Rodrigues.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade