23.9 C
Vitória
sábado, 27 novembro, 2021

Investimento de R$7 milhões em nova fábrica em Linhares

Investimento em nova fábrica em Linhares com produção dedicada para atender o mercado de Geração de Energia Solar Fotovoltaica

Por Samantha Dias

A Brametal – empresa do setor de transmissão de energia, responsável pela produção de estruturas metálicas – está investindo R$ 7 milhões na construção de uma nova fábrica no complexo de Linhares (ES), com linha de produção dedicada a produtos para atender o mercado de Geração de Energia Solar Fotovoltaica. A empresa já possui uma fábrica na cidade do norte do estado, além de outra unidade em Criciúma (Santa Catarina), totalizando uma capacidade produtiva de até 200.000 toneladas/ano.

Além de uma área exclusiva dedicada à produção de itens para o mercado de geração de energia solar fotovoltaica, a companhia ampliou seu portfólio e está lançando dois novos produtos: o Brafix 3.0 e o Tracker bifileira (estruturas para geração de energia solar).

“Além do investimento na nova fábrica, serão aplicados mais R$ 5 milhões para o desenvolvimento do setor de engenharia e novos produtos, ampliando assim nossa capacidade produtiva com a nova planta. Com isso, conseguiremos reduzir o tempo de entrega, teremos estoque de matéria-prima e produtos acabados de toda a linha para atender as demandas do mercado”, afirma Marcos Bercht, diretor industrial da Brametal.

A Brametal se prepara realizar atendimento com estruturas para projetos padronizados e customizados. “Para incentivar os fornecedores nacionais a se juntar a nós, vamos investir muito na nacionalização de componentes, buscando desenvolver fornecedores e parceiros no país, diminuindo ainda mais nossas importações”, reforça Bercht.

Parcerias

No ano passado, a EDP entregou uma das maiores usinas solares do Espírito Santo – localizada em Linhares – para a Brametal. A usina solar é composta por 3.780 módulos fotovoltaicos distribuídos em uma área de cerca de 40 mil metros quadrados, aproximadamente o tamanho de seis campos de futebol, e conta com tecnologia de tracking, na qual os módulos se movem de acordo com as mudanças no ângulo dos raios solares para um maior aproveitamento da irradiação.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade