Instituições de ensino superior avaliadas apresentam baixo desempenho

O Inep avaliou as instituições em 2018. - Foto: Arquivo / Agência Brasil

Cerca de 13% das instituições avaliadas pelo Inep em 2018 apresentaram baixo desempenho

O desempenho de 266 instituições de ensino superior no Brasil foram avaliadas como baixa, segundo o relatório do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação (MEC).

Desta forma, cerca de 12,9% das instituições de ensino tiveram um Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) 1 ou 2, em uma escala que vai de 1 a 5.

O Inep avalia o desempenho das instituições como menor que a maioria recebem conceitos 1 ou 2. Já as que tiveram desempenho maior que a maioria recebem 4 ou 5. Entretanto, oíndice 3 reúne a maior parte das instituições.

No ano passado, sete instituições de ensino tiveram o índice 1, de pior desempenho, enquanto 259 obtiveram o índice 2. A maior parte – 63,6% das instituições – obteve índice 3, o que representa 1.306 instituições avaliadas. Na outra ponta, 23,3% obtiveram índices 4 ou 5, totalizando 460 instituições de ensino superior.

Índices

O IGC é um indicador de qualidade do ensino superior brasileiro, calculado anualmente, levando em consideração uma série de insumos, como avaliação dos cursos de pós-graduação e distribuição dos estudantes entre os cursos.

Entra no cálculo também o Conceito Preliminar de Curso (CPC), que é calculado com base na nota dos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Ao todo, 8.520 cursos tiveram o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e 2.052 instituições de ensino tiveram o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) de 2018. Mais informações a respeito das notas e dos índices podem ser acessados no site do Inep.

*Da redação, com informações da Agência Brasil.

Leia Também:
Conteúdo Publicitário