24.4 C
Vitória
segunda-feira, 8 agosto, 2022

Ifes e Iases estudam implantação de cooperativas

Uma parceria entre o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) pode resultar na implantação de núcleos de cooperativas dentro das Unidades localizadas em Cariacica-Sede, que poderão trabalhar com diferentes serviços, como serigrafia, informática, panificação, musicalização, indústria alimentícia e beleza. A iniciativa permitirá aos socioeducandos e suas famílias utilizarem a estrutura física oferecida pelo Ifes e o suporte gerencial para que eles possam abrir seu próprio negócio.

Profissionais do Ifes e a equipe da Gerência de Inclusão Social do Iases realizaram uma visita técnica, na quinta-feira (22), às unidades socioeducativas localizadas em Cariacica-Sede. A visita teve como objetivo estudar a implantação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e do Programa de Extensão (Proex) nas unidades.

Os projetos receberão recursos dos programas do Governo Federal, que se responsabilizará pela estrutura funcional, técnica e de gestão dessas atividades. Nessa parceria, o Iases será responsável pelo planejamento, execução e monitoramento dos projetos.

A visita contou com a presença do pró-reitor de extensão do Ifes, Tadeu Pissinati, do gerente de projetos de extensão Francisco Cesconeto, e da psicóloga do Proex e do Pronatec, Wanessa Gonçalves dos Santos, além da equipe da Gerência de Inclusão Social do Iases.

O próximo passo será uma reunião com o Ifes e as gerências do Iases envolvidas no estudo para a elaboração do projeto e do termo de cooperação técnica. A previsão é que as primeiras incubadoras iniciem suas atividades dentro de 60 dias.

De acordo com o gerente de Inclusão Social do Iases, Alexandre Tristão, a proposta representa um avanço para o sistema socioeducativo. “Os projetos foram bem recebidos pelas unidades, tanto pelos servidores quanto pelos adolescentes. A implantação das cooperativas vai permitir o crescimento pessoal e profissional tanto dos jovens quanto das famílias, não só capacitando essas pessoas, mas proporcionando geração de renda”, explicou.
O Pronatec trabalha expandindo a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) para a população brasileira. Para isso, o projeto envolve ações de assistência técnica e financeira que juntos oferecerão oito milhões de vagas a brasileiros de diferentes perfis nos próximos quatro anos. Uma das novidades do programa é a criação da Bolsa-Formação, que irá ofertar vagas em cursos de qualificação para trabalhadores, estudantes e pessoas em vulnerabilidade social.

Já o Proex é um projeto nacional do Ifes que trabalha incentivando a implantação de incubadoras de sistemas de cooperativas. A incubadora de empreendimento é um ambiente desenvolvido especialmente para abrigar negócios voltados a projetos inovadores.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade