27.2 C
Vitória
sexta-feira, 23 abril, 2021

Hospital Materno Infantil da Serra inicia atendimento em abril

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, o hospital está passando por adequações para começar a atender pacientes em tratamento contra a Covid-19

“O Hospital Materno Infantil será aberto em abril como uma unidade que irá reforçar a estratégia de expansão de leitos para enfrentamento à nova aceleração da curva de casos Covid-19, prevista para ocorrer no Estado nesse momento, nos meses de março e abril”, disse o secretário.

“A unidade vai passar por adequações do seu layout e da estrutura do seu grupo gerador. No desenho original ela só tem suporte de grupo de gerador para 30% da área do hospital. São necessários ajustes da rede de gás. A gestão direta, então, fará adaptações ao longo deste mês e no mês de abril vai iniciar o funcionamento como unidade Covid. Passando a fase mais crítica da Covid, nós iremos desenhar um calendário para poder abrir como maternidade”, explicou o secretário Nésio Fernandes.

Ao ser aberto como maternidade, os serviços que são oferecidos no Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves, também localizado na Serra, serão transferidos para o Hospital Materno Infantil. Além disso, o atendimento à população será mais adequado e vai permitir que as atividades no Jayme sejam ampliadas.

Conforme o secretário, o hospital tem potencial para readequar toda a oferta do Jayme Santos Neves, e tem capacidade de receber a maternidade de alto risco, que hoje funciona no Jayme.

“O Hospital Materno Infantil vai receber o que não tinha no projeto original, leitos de terapia intensiva neonatal e adulto, e terá a capacidade tecnológica incrementada. O Jayme poderá ampliar a sua capacidade de oferta de leitos Covid e, voltando ao perfil anterior, ele poderá reforçar perfis que ele poderia executar com muita qualidade, como cirurgias ortopédicas e vasculares, ressaltou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade